Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.051,27
    -1.859,76 (-3,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Vitão diz que ainda enfrenta ataques após namoro com Luísa Sonza: 'Criou muitas sequelas emocionais'

·2 min de leitura

O relacionamento entre Vitão e Luísa Sonza já chegou ao fim. Mesmo assim, o cantor, de 22 anos, diz que ainda lida com as polêmicas geradas no início do namoro, quando foi apontado como o pivô da serparação entra a cantora e o humorista Whindersson Nunes - o que ele negou várias vezes (Luísa também). Foram muito atacados na época. Por um lado, Vitão diz que cresceu com tudo isso, "colocou os pés no chão". No outro, afirma que ainda lida com as sequelas emocionais decorrentes dos ataques. Até hoje, por exmeplo, é apontado nas ruas e a família também sofre com isso.

"Lido até hoje (com isso). É um bagulho que me criou muitas sequelas emocionais. Querendo ou não, acho que é algo que tinha que ter acontecido na minha vida, porque me fez crescer muito como homem e ser humano, colocar os pés no chão", conta ele, em entrevista ao podcast "Podpah". "Muita gente passou a me odiar e me conhecer de forma pejorativa, números (da carreira) caíram... Muitas portas se fecharam. (Fiquei) conhecido como 'talarico' ".

Vitão diz que ainda enfrenta esse tipo de situação. É abordado na rua e é xingado. Às vezes, a situação acontece até quando está em família, como quando, por exemplo, acompanhado da mãe, do pai, do irmão mais novo e de uma tia, foi fazer uma viagem a Santos. "Minha família inteira está de saco cheio".

"Até hoje passa gente me xingando", continua ele, no papo. "Esse bagulho estendeu para tudo. Toda vez que posto um vídeo cantando, maior galera falando que eu não canto bem, que minha voz é estranha e que eu não articulo bem".

Durante o papo, Vitão falou de outros assuntos, como o próprio estilo. O artista gosta de usar peças de roupa do vestuário feminino, vez ou outra.

"Gosto de, às vezes, usar umas roupas femininas, da ala feminina das lojas. Tem uns bagulhos bonitos. Só que a galera ainda tem essa segregação."

Na conversa, Vitão falou ainda sobre os próprios cabelos. Reconhece que as madeixas chamam atenção de fãs, mas acrescenta que usa o estilo desde pequeno - exceto por uma época na adolescência, quando usou a cabeça raspada. O cantor tem um medo: ficar careca.

"Não sou tão cuidadoso, assim, não (com os cabelos). Vários dias que eu só lavo com água, sem shampoo ou condicionador. Eu tenho uma brisa que muita química no cabelo é o que deixa a gente mais careca, ao longo dos anos", diz, ao "Podpah. "Na real, comecei entrar numa brisa que eu estava perdendo cabelo, uns meses atrás. Fiquei com a impressão de que o volume estava diminuindo, estava com uma falhas".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos