Mercado abrirá em 9 h 44 min

Visa libera uso de seus cartões para outros sites da controladora do Pornhub

Rui Maciel
·2 minuto de leitura

A Visa afirmou nesta quarta-feira (23) que voltou a permitir a utilização de seus cartões nos sites do MindGeek, empresa que controla o Pornhub. No entanto, pagamentos destinados ao site de conteúdo adulto continuarão proibidos pela administradora.

“Após uma revisão completa, a Visa irá restabelecer os privilégios de aceitação para sites MindGeek que oferecem conteúdos de estúdios adultos produzidos profissionalmente”, disse um porta-voz da companhia à agência de notícias Reuters. No entanto, sua proibição continua em vigor para os sites que hospedam conteúdo gerado pelo usuário, sendo que o mais popular é o próprio Pornhub, até que uma investigação em andamento seja concluída.

Visa e MasterCard barraram pagamentos feitos ao site pornográfico depois de uma matéria do The New York Times publicada no início desse mês. A reportagem denunciava a presença de vídeos considerados abusivos e nocivos, como gravações de estupro e com a presença de menores de 18 anos.

Equipe reduzida

Uma das causas para todo esse conteúdo polêmico ter sido publicado seria a equipe reduzida que monitora o upload desses vídeos no Pornhub. Com poucas pessoas para supervisionar, muitos deles acabaram passando pela triagem e foram ao ar.

Dias depois da reportagem do Times, o Pornhub afirmou ter retirado todo o conteúdo polêmico e proibiu os uploads de vídeos de usuários não verificados. Além disso, seus administradores vetaram downloads de grande parte do material presente no site. A MindGeek também estaria implantando novas políticas de moderação e a publicação de relatórios mensais de transparência a partir de 2021.

Ontem, o Pornhub afirmou estar desapontado com a decisão da Visa de manter o bloqueio de pagamentos ao seu site. E que vem trabalhando ativamente para empregar medidas extensivas para proteger a plataforma de conteúdos impróprios, incluindo o emprego de uma vasta equipe de moderadores humanos revisando manualmente cada upload, além de um sistema completo para sinalizar e remover material ilegal.

Mesmo com tais medidas, a Mastercard já encerrou definitivamente o uso de seus cartões no Pornhub.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: