Mercado fechará em 4 h 25 min
  • BOVESPA

    114.204,78
    -857,76 (-0,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,03
    -0,58 (-0,80%)
     
  • OURO

    1.756,30
    -38,50 (-2,15%)
     
  • BTC-USD

    48.103,79
    -34,40 (-0,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.236,34
    +3,05 (+0,25%)
     
  • S&P500

    4.451,20
    -29,50 (-0,66%)
     
  • DOW JONES

    34.615,40
    -198,99 (-0,57%)
     
  • FTSE

    7.030,90
    +14,41 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.388,50
    -115,50 (-0,74%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1792
    -0,0168 (-0,27%)
     

Visa lança solução para acelerar aprovação de cartões de crédito para o público

·2 minuto de leitura

A aprovação de um cartão de crédito para um cliente pode ser um processo delicado aos emissores, isto é, às empresas e instituições autorizadas pela bandeira. Por isso a Visa lançou nesta segunda (23) um serviço chamado Solução de Aquisição Digital, que ajuda os emissores a gerenciar os pedidos de novos cartões que chegam pela internet.

A plataforma usa IA (inteligência artificial) e reconhecimento ótico de caracteres para confirmar a identidade da pessoa que pediu o cartão. O serviço exige, por exemplo, que o solicitante faça uma selfie ao cadastrar o pedido, além de enviar documento oficial com foto. O próximo passo é cruzar a foto e os dados de indentificação registrados com a documentação informada.

Diferentes fornecedores ajudarão os emissores da Visa na análise de risco e autenticação dos pedidos. A plataforma usa uma API que acelera o tempo de execução de tarefas envolvidas na aprovação de cartões.

Imagem: Elements/LightFieldStudios
Imagem: Elements/LightFieldStudios

A solução, diz a Visa, foi criada para ganhar tempo e recursos dos emissores, além de permitir que ofereçam o tipo de cartão adequado a cada perfil de consumidor. Outra grande vantagem é a digitalização do processo, que muitos clientes ainda fazem presencialmente, o que obriga-os a sair de casa e ficar na fila de uma agência física. Agora tudo leva poucos minutos pela web.

Na outra ponta, o tempo de validação de uma proposta também caiu: se antes levava cerca de um mês na agência física, passou a ocorrer em algumas horas no ambiente digital. O serviço ainda permite análise de dados para aprimorar a assertividade das informações checadas e evitando a chance de fraudes.

Esse último tópico importa bastante no Brasil, que aparece na quinta colocação entre os países que mais vazam dados de cartões de crédito, de acordo com uma análise da Cyble, empresa especializada em cibersegurança. O total nacional foi de 72,5 mil cartões vazados entre 2018 e 2019.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos