Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    58.338,23
    -177,87 (-0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Visa deve adicionar real digital a cartão de criptomoedas no Brasil

Anderson Mendes
·2 minuto de leitura

A Visa pretende incluir como forma de pagamento no país o real digital, moeda que está sendo desenvolvida pelo Banco Central.

Em entrevista cedida ao site Tele Síntese, o Vice-presidente de Novos Negócios da Visa no Brasil, Eduardo Abreu, afirmou que o real digital, a moeda digital do Banco Central (CBDC), está na fila para ser adicionada à rede de liquidação direta da empresa após o USDC.

Para Abreu, as moedas emitidas pela instituição possuem a vantagem de ter a segurança de um órgão regulador e maior estabilidade, o que geraria mais benefícios e atratividade para os seus clientes.

A gigante de pagamentos já tinha anunciado recentemente o lançamento de um cartão compatível com diversas criptomoedas, que deve estrear no país ainda em 2021. Porém, até então a empresa não havia mencionado quais criptoativos entrariam no rol de moedas aceitas.

O Presidente do Bacen, Roberto Campos Neto, afirmou recentemente que o projeto do real digital estaria avançado, mas ainda não se sabe quando poderia ser a data de lançamento.

Por ora, os técnicos do BC trabalhariam com um prazo que iria até 2022, mas não se sabe se a recente nomeação de Campos Neto para um mandato até 2024 interferiria nos planos.

Visa planeja replicar experiência com USDC nos EUA

A intenção da companhia é realizar com o real digital, algo que já tem acontecido nos Estados Unidos, através da USD Coin (USDC) – stablecoin lastreado no dólar que realiza transações na rede Ethereum. A Visa converte de forma instantânea o valor de uma transação feita na criptomoeda para o dólar, através de uma parceria com a plataforma Crypto.com.

Apesar de possíveis entraves regulatórios apontados por especialistas, a empresa pretende trazer uma experiência parecida no Brasil.

Segundo Abreu, a Visa atuaria como a responsável por fazer a conversão instantânea de uma moeda pela outra, uma vez que muitos bancos e instituições brasileiras não dispõem de brokers especializados em fazer essas operações para os seus clientes.

“Estamos com equipe e estrutura para atuar fortemente no mercado de criptomoedas no Brasil, respeitando a regulação como ocorre nos Estados Unidos” – afirma Eduardo Abreu.

Ainda segundo a matéria, a entrada de bancos nacionais como o Itaú e o Banco Safra no mercado de criptoativos contribuíram para reforçar o movimento e adesão destes ativos em território nacional.

Nesse sentido, a Visa já possui iniciativas com diversos bancos digitais, para viabilizar a compra, venda e custódia de criptomoedas no Brasil. Além disso, a empresa pretende reforçar programas de cashback em criptomoedas como o oferecido em parceria com a fintech Alter.

O artigo Visa deve adicionar real digital a cartão de criptomoedas no Brasil foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.