Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,23 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,34 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +0,19 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    49.919,66
    +1.354,68 (+2,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,20 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    -11,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7806
    -0,0053 (-0,08%)
     

Virou febre mesmo! Clubhouse já acumula 8 milhões de downloads na App Store

Ramon de Souza
·1 minuto de leitura

Se você ainda tinha dúvidas sobre a Clubhouse ser a rede social do momento, eis uma estatística que vai acabar com a sua incredulidade: de acordo com dados da empresa de pesquisas App Annie, o aplicativo atingiu, na última terça-feira (16), a marca de 8,1 milhões de downloads na App Store. Vale lembrar que, por enquanto, o software só está disponível para o iOS; logo, não há números sobre a Google Play Store.

Para fins comparativos, em fevereiro de 2021, o Clubhouse registrava apenas 3,5 milhões de downloads na loja de apps da Maçã. A fama repentina pode ser atribuída ao fato de que diversas celebridades — incluindo Elon Musk, CEO da Tesla, e Mark Zuckerberg, fundador do Facebook — terem endossado o uso da plataforma, criando perfis ativos e até mesmo interagindo com internautas em determinadas salas de bate-papo.

<em>Imagem: Reprodução/9to5Mac</em>
Imagem: Reprodução/9to5Mac

Para quem ainda não sabe, a proposta do Clubhouse é um tanto diferente de outras redes sociais. Você cria salas temáticas para discutir assuntos que quiser (política, música, cinema etc.) e debate com outros usuários exclusivamente através de mensagens de áudio. Segundo a App Annie, o app se tornou popular sobretudo no Reino Unido, na Alemanha, no Japão, na Turquia e — finja surpresa — no Brasil.

Por mais que a plataforma esteja “explodindo” ao redor do globo, vale lembrar que, conforme recentemente alertado por pesquisadores de segurança, é essencial tomar cuidado com golpes que criminosos cibernéticos possam aplicar em nome da rede social. Não é de se espantar que, em breve, os golpistas comecem a vender falsos convites para o app ou até mesmo criarem versões falsificadas para Android infectadas com malwares.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: