Mercado fechará em 5 h 49 min
  • BOVESPA

    127.693,57
    -363,65 (-0,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.936,38
    -266,42 (-0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,99
    +0,95 (+1,34%)
     
  • OURO

    1.773,00
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    36.909,08
    -1.612,63 (-4,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    918,94
    -21,00 (-2,23%)
     
  • S&P500

    4.183,86
    -38,00 (-0,90%)
     
  • DOW JONES

    33.374,06
    -449,39 (-1,33%)
     
  • FTSE

    7.036,37
    -117,06 (-1,64%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9802
    +0,0177 (+0,30%)
     

Virgin Galactic faz seu primeiro voo tripulado com a nave VSS Unity

·3 minuto de leitura

No último sábado (22), a Virgin Galatic realizou seu primeiro teste de voo suborbital tripulado em dois anos, a partir das instalações Spaceport America, no Novo México, e usando sua nave espacial VSS Unity, que foi lançada a mais de 13 km de altitude antes de planar em direção à Terra. Este voo, além de tornar o Novo México o terceiro estado dos EUA a lançar um ser humano ao espaço, é o primeiro deste tipo realizado no estado.

A bordo do porta-aviões VMS Eve, da própria Virgin, a VSS Unity decolou por volta das 11h35 (horário de Brasília). Cerca de 10 minutos antes de seu laçamento, a nave ativou sua própria bateria para, então, conduzir o controle de voo e as verificações elétricas da nave. Após liberados pelo Eve, os pilotos da VSS Unity, CJ Sturckow e Dave Mackay, ligaram o moto da nave, depois deligaram por alguns minutos e, com o impulso da espaçonave, se mantiveram viajando em direção ao ponto mais alto da decolagem.

A seguir, confira o momento em que a VSS Unity é liberada pelo porta-aviões:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Por volta das 12h30, a VSS Unity atingiu sua maior altitude, cerca de 89 km, a uma velocidade superior a 3.704 km/h. Então, a nave realizou uma curva lenta, deslizando de volta para a atmosfera terrestre, e pousou por volta das 12h43 na mesma pista de decolagem, no Spaceport America. O voo realizou uma série de testes, como o experimento de pesquisas como parte do Programa de Oportunidades de Voo da NASA, coleta de dados para aprimoramento dos próximos voos e modelos comerciais da Virgin Galatic e teste dos estabilizadores horizontais e controles de voo.

Para o CEO da Virgin, Michael Colglazier, que acompanhou todo o teste do solo, assistir ao lançamento foi uma imagem perfeita. Agora, a empresa examinará os dados de maneira mais profunda e completa, “como sempre fazemos”. Colglazier também disse que o voo é um grande passo à frente tanto da Virgin quanto para o voo espacial humano no Novo México — que hospedou pela primeira vez uma missão de teste de voo tripulado ao espaço. O símbolo do Sol de Zia, da bandeira do estado, foi estampado na parte exterior da nave.

Abaixo, você vê o momento em que a espaçonave se posiciona para retornar ao solo, não sem antes proporcionar uma bela visão da curvatura da Terra aos pilotos:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O sucesso do teste coloca a Virgin um passo mais próximo de alcançar seus objetos de estabelecer um programa de turismo espacial. Até o momento, a empresa tem mais de 600 reservas para futuras passagens em voos espaciais. Além dos dois pilotos, a VSS Unity tem capacidade de transportar até seis passageiros. Em dezembro do ano passado, a empresa precisou adiar a primeira tentativa de voo tripulado por conta de interferências eletromagnéticas. Já no voo deste último sábado, a nave apresentou algumas atualizações em seu hardware para que este problema não se repetisse.

A Virgin Galactic tem mais quatro voos planejados para este ano. Para a tripulação do próximo, estão confirmados dois pilotos e quatro funcionários da empresa como passageiros; para o terceiro, o fundador da Virgin, Richard Branson estará entre os viajantes. O quarto será um voo comercial da Força Aérea Italiana. As datas, no entanto, ainda serão divulgadas.

O evento completo do lançamento pode ser assistido no vídeo abaixo:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos