Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    37.330,60
    +1.224,75 (+3,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

Vinícola francesa disputa direito de usar marca ‘Nosecco’

Jonathan Browning
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Uma batalha envolvendo uma marca de espumante chegou a um tribunal de Londres.

Uma vinícola francesa recorreu da decisão de que sua marca sem álcool Nosecco evoca ilegalmente a categoria italiana protegida Prosecco. A Les Grands Chais de France disse que o nome não tem intenção de rivalizar com o Prosecco no Reino Unido, mas apenas destacar a ausência de álcool e o sabor doce da própria versão.

“É enfaticamente dizer ‘não’. Não ao álcool, não ao seco”, disse Denise McFarland, advogada do grupo francês. “Está em ouro e preto” no rótulo, disse Denise na sexta-feira.

O grupo, o maior produtor independente de vinho da França, queria estabelecer uma marca registrada para o produto, que é vendido no Reino Unido há vários anos, mas foi impedido na Justiça por um consórcio que representa a região vinícola do nordeste da Itália. A empresa francesa agora recorre da decisão no Supremo Tribunal.

Produtores italianos disseram em documento do processo que era “bastante claro” que a marca Nosecco remete ao vinho do país, que é protegido pela União Europeia sob as regras de denominação de origem.

As especificações incluem um nível mínimo de álcool no vinho, mas a marca faz parecer que o espumante francês é um “falso Prosecco”, reclamou o consórcio italiano.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.