Mercado abrirá em 6 h 42 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,62
    +0,18 (+0,22%)
     
  • OURO

    1.775,40
    +9,70 (+0,55%)
     
  • BTC-USD

    62.483,48
    +181,89 (+0,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.459,41
    +7,77 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.713,92
    +304,17 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    29.199,00
    +173,54 (+0,60%)
     
  • NASDAQ

    15.286,75
    -3,75 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4112
    +0,0197 (+0,31%)
     

Villeroy, do BCE, vê inflação abaixo de 2% dentro de um ano

·1 minuto de leitura
Villeroy de Galhau, em evento em Fukuoka, Japão

PARIS (Reuters) - A inflação deve recuar abaixo da meta de 2% do Banco Central Europeu dentro de um ano, disse nesta quinta-feira François Villeroy de Galhau, membro do Conselho do BCE.

A inflação na zona do euro atingiu o nível mais alto desde 2008 em setembro, conforme as economias se recuperam da crise da Covid-19, alimentando um salto nos preços da energia.

As autoridades de política monetária em geral esperam que a inflação diminua conforme as economias retornem a níveis mais normais de atividade, embora haja uma grande dúvida sobre quando isso irá acontecer.

"A inflação deve voltar a ficar abaixo de 2% dentro de um ano", disse Villeroy, também presidente do banco central francês, em uma conferência empresarial francesa.

(Reportagem de Leigh Thomas)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos