Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.351,81
    -1.589,87 (-1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.402,57
    -1.196,81 (-2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,59
    -1,55 (-1,82%)
     
  • OURO

    1.841,70
    +9,90 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    35.938,47
    +982,17 (+2,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    817,34
    +6,74 (+0,83%)
     
  • S&P500

    4.314,16
    -83,78 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    33.663,63
    -601,74 (-1,76%)
     
  • FTSE

    7.297,15
    -196,98 (-2,63%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    -309,09 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    14.217,75
    -208,75 (-1,45%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2318
    +0,0418 (+0,68%)
     

Vilão em filme com Bruce Willis lança ETF com foco ESG

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- O vilão de um novo filme de suspense policial está tentando tornar o mundo um lugar melhor fora da tela.

Most Read from Bloomberg

Rob Gough, que contracena com Bruce Willis em “American Siege”, está lançando o ETF Strategy Shares Halt Climate Change com David Miller, diretor de investimentos da Strategy Shares, que ele conhece de seu passado como empreendedor e investidor.

O ETF deve começar a ser negociado na Nasdaq nesta terça-feira sob o código “NZRO” e procurará investir principalmente em empresas nos EUA que adotaram práticas comerciais ecologicamente corretas.

O fundo selecionará empresas que se comprometeram a reduzir as emissões de carbono ou direcionaram pelo menos 50% das receitas a esforços para fazer a transição para energia limpa ou reduzir emissões. A taxa de administração será de 95 pontos-base, e a Strategy Shares, que administra mais de US$ 45 bilhões em ativos, usará uma parte dos lucros para investir em empresas do setor privado que trabalham para reverter as mudanças climáticas.

Gough, que começou a atuar em 2017, disse que sempre foi apaixonado pela ideia de proteger o meio ambiente e investiu “cada dólar” que tinha em 2010 em um negócio de reciclagem.

“Como ganhei dinheiro ao longo dos anos, desafiei meus consultores financeiros a direcionar meu dinheiro para ser investido em empresas que estão fazendo as coisas da maneira certa”, disse. No passado, ele lutou para encontrar produtos de investimento que não fossem culpados de “greenwashing” ou de promover padrões ESG e investir em empresas envolvidas em indústrias produtoras de emissões de carbono, como o petróleo. Então, ele decidiu se juntar a Miller e lançar um fundo.

O ETF é o mais recente a buscar retornos de empresas ESG-positivas. Em dezembro, Goldman Sachs, BNY, JPMorgan e Ark Invest lançaram ETFs sustentáveis. Em 2021, mais de 30 fundos ESG foram lançados.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos