Mercado fechado

Vietnã habilita 4 plantas de aves e 1 de suínos para exportação de carne do Brasil

Por Nayara Figueiredo

Por Nayara Figueiredo

SÃO PAULO (Reuters) - Quatro unidades frigoríficas de aves e uma de suínos foram habilitadas nesta terça-feira para exportar carnes do Brasil ao Vietnã, disse o Ministério da Agricultura à Reuters.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, comentou em webinar nesta terça-feira que o país asiático havia ampliado as habilitações para carnes do Brasil, mas sem informar o número de plantas com precisão.

"Isso mostra que o mundo olha o Brasil como grande fornecedor de alimentos", disse.

O Vietnã importou 12,1 mil toneladas de carne de frango brasileiro no primeiro quadrimestre deste ano, 73% a mais em relação ao mesmo período de 2019, conforme dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Em suínos, o país importou 5,9 mil toneladas de janeiro a abril, avanço de 68% no comparativo anual e, segundo a ABPA, é o oitavo maior comprador da proteína do Brasil.

No ano passado, as aquisições do Vietnã já haviam crescido 42% em frango e 86,2% em carne suína, em relação a 2018.