Mercado fechado

Vidro “inquebrável” de caminhonete da Tesla quebra em apresentação do veículo

Rafael Arbulu

Se existe uma palavra alemã que nós brasileiros aprendemos rapidamente, essa palavra é schadenfreude. É um termo designado pelo país bávaro para definir o que nós conhecemos em terras tupiniquins como “vergonha alheia”, ou seja, aquela pequena alegria diabólica que sentimos ao ver a situação de outra pessoa ir comicamente contra o que ela havia originalmente planejado.

O mais recente exemplo “schadenfreudezado” da tecnologia, porém, é Elon Musk: durante apresentação de lançamento da picape elétrica e futurista da empresa, o chamado Cybertruck, um dos designers da companhia passou a elogiar a resistência do automóvel, dizendo que ele vinha com “blindagem”. O resultado não poderia ser outro senão o que você vê no vídeo abaixo:


Avise-nos quando conseguir parar de assistir, porque o texto continua: não contente com o “desempenho” da “armadura”, o CEO da Tesla ainda pediu que o seu chefe de design, Franz von Holzhauzen, tentasse mais uma vez comprovar a resistência do "brinquedo". E ele foi tão bem quanto você já imagina…

Pois é... (Imagem: Reprodução/The Next Web)

(Risos)... Musk, no melhor estilo Musk de ser, levou tudo na esportiva, limitando-se a dizer que “vamos consertar isso na pós-produção”.

Por fora, tudo na esportiva. Por dentro: "o RH vai querer uma conversinha no fim do dia, ok?" (Imagem: Reprodução/The Next Web)

Piadas à parte, o negócio é bom?

Apesar do visual questionável, tudo indica que sim: o Cybertruck da Tesla tem um design angular que faria o Batmóvel corar de inveja, mas debaixo de seja onde for o capô, tem bastante poder, com capacidade de mais de 6,5 toneladas de carga e uma capa de caçamba resistente o suficiente para que uma pessoa consiga ficar em pé em cima dela.

Em vídeos promocionais, Musk mostrou que o Cybertruck vence com facilidade uma Ford F-150 em um jogo de cabo de guerra, então sabemos que, além de capacidade de transporte, ele também tem motor.

Tesla Cybertruck: mais de 6,5 toneladas de capacidade de carga e cerca de dois segundos para atingir 100 km/h de velocidade (Imagem: Divulgação/Tesla)

Ele vem em diversas configurações, mas todas são capazes de ir de 0 a 100 quilômetros por hora em pouco mais de dois segundos, e a Tesla está preparando uma série de acessórios para ele. Algumas imagens mostram, por exemplo, material para camping e ferramentas que permitem configurar a parte interna para que se durma na picape.

O preço sugerido do Cybertruck é de US$ 39,9 mil para a versão mais básica (um motor). Esta e a versão dual engine terão produção iniciada ao final de 2021. Para algum momento em 2022, a Tesla deve produzir uma versão triple engine, com três motores acoplados. Interessados já podem assegurar um modelo para si com um depósito inicial de US$ 100 feito pelo próprio site da fabricante.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: