Mercado fechado

Vidal sofre críticas da torcida da Inter por gesto 'duvidoso', mas faz gol e vira herói; entenda

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Ao adentrar o gramado do Estádio Giuseppe Meazza nesta tarde de domingo (17), a Inter de Milão se via diante de uma de suas maiores rivais e grande 'pedra no sapato' nos últimos anos: a Juventus. Além de todo o peso histórico do clássico, o duelo valia demais em nível classificatório, com o time da casa sonhando em assumir a liderança provisória e os visitantes precisando do triunfo para cortar a vantagem em relação ao Milan.

Esperava-se um jogo quente desde o minuto inicial por todos esses ingredientes mas, por um motivo inesperado e curioso, já havia polêmica em torno do duelo antes mesmo da bola rolar: nas redes sociais, torcedores da Inter de Milão se enfureceram com Arturo Vidal, julgando que o volante teria beijado o escudo da Juventus enquanto cumprimentava Chiellini. Vale destacar que o chileno tem um passado em Turim, tendo conquistado vários títulos com a camisa bianconera.

Mas o futebol, meus amigos, é imprevisível e dá voltas com enorme rapidez. De vilão antes da bola rolar, o experiente volante virou 'herói' da Inter de Milão na partida, anotando o gol que abriu os caminhos para a vitória nerazzurri por 2 a 0. O segundo gol do time da casa foi anotado pelo meia Barellà, no início da segunda etapa. Uma vitória maiúscula da equipe comandada por Antonio Conte, resultado que leva a Inter ao topo da Serie A Tim com 40 pontos, mesma campanha do Milan, que ainda joga nessa rodada.