Mercado abrirá em 1 h 37 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,54
    +1,97 (+1,80%)
     
  • OURO

    1.823,80
    -1,00 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    20.973,03
    -448,40 (-2,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    458,30
    -3,50 (-0,76%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.351,30
    +92,98 (+1,28%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.109,00
    +68,50 (+0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5345
    -0,0096 (-0,17%)
     

Vibra Open Air | A imersão e intensidade do maior cinema a céu aberto do mundo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Vibra Open Air, o maior cinema a céu aberto do mundo, voltou a São Paulo após dois anos. A tela de 325 metros quadrados, tamanho equivalente a uma quadra de tênis, ocupa o Jockey Club, na capital paulista, entre os dias 25 de maio e 12 de junho. Além da imensa tela de cinema, o espaço oferece uma programação para envolver o espectador, desde um espetáculo de luzes no início da sessão até a escolha dos filmes e a realização de shows musicais ao término dos créditos.

À convite do Telecine, o Canaltech visitou o Open Air na última quarta-feira (1°) para uma sessão dupla de filmes da franquia Pânico. Mais do que uma ida ao cinema convencional, a noite foi uma experiência completa, digna do que sempre vi dentro das telas, diretamente nos filmes. A sensação tem uma justificativa: não me recordo de ter assistido à algo com tanta intensidade.

Tela do tamanho de uma quadra de tênis é apresentada com show de luzes (Foto: Canaltech/Lucas Arraz)
Tela do tamanho de uma quadra de tênis é apresentada com show de luzes (Foto: Canaltech/Lucas Arraz)

Todo o espaço do Vibra Open Air é feito para criar uma experiência que envolve o espectador. Fazer quem está sentado em uma das cadeiras a céu aberto, parte do espetáculo.

Para essa edição especial, o Vibra Open Air 2022 organizou os filmes em categorias: Noite Telecine, Clássicos, Pipoca, Família e Sessão Dupla, em que dois filmes correlatos são exibidos em sequência, pelo preço de um único ingresso.

Além dos filmes, o evento reúne shows musicais, oficinas, ativações, entre outras atrações no Jockey Club. Apresentações instrumentais e de luzes fazem a abertura, enquanto o encerramento fica por conta da música após as sessões nacionais. Ainda passam pelo palco do Vibra Open Air os artistas Rael, Drik Barbosa e Bivolt na exibição de Minha Mãe é uma Peça e Fernando Rosa com Jesuton no dia destinado a Alive.

Como é assistir a um filme no Open Air?

A supertela do Vibra Open Air foi importada da Suíça e une-se a um potente sistema de som com 28 caixas Dolby Digital Surround para criar uma sessão de cinema marcante. Mesmo a céu aberto e com as luzes dos prédios da Avenida das Nações Unidas ao fundo, a qualidade da imagem e do som não são prejudicadas pela inexistência de um “escurinho de cinema” de uma sala padrão.

Muito pelo contrário, o belo cenário urbano da cidade de São Paulo ajuda a criar uma atmosfera única ao espaço, formando um espetáculo aos olhos. Os sons da cidade existem, com a passagem de aviões e carros pelas vias públicas, mas não chegam a atrapalhar.

Cidade de São Paulo é cartão postal para sessão de cinema (Foto: Canaltech/Lucas Arraz)
Cidade de São Paulo é cartão postal para sessão de cinema (Foto: Canaltech/Lucas Arraz)

Enquanto a tela não perde definição, o esquema de som montado para o Vibra Open Air faz o verdadeiro show acontecer. Quase a maioria esmagadora das caixas de som estão fora do campo de visão do espectador, criando um estado de imersão único.

A sessão dupla de Pânico que assistimos ganhou notas de terror extra, com o deslocamento da experiência para o exterior de uma sala convencional e o som que explodia de diferentes ângulos do espaço e migrava para o silêncio ambiente da cidade.

Há duas opções de assentos para acompanhar a sessão. Na parte superior, uma arquibancada de poltronas para quem busca assistir ao filme com mais atenção, com o olho direto na tela. As poltronas têm espaço suficiente para os pés, mas são coladas umas com as outras e possuem um encosto para as costas bastante curto, criando um pouco de desconforto. Não é o tipo de assento aconselhável para passar horas trabalhando, mas foi aceitável para o período de duração de dois filmes.

Clientes do programa de fidelidade dos Postos Petrobras, Premmia, podem resgatar ingressos e acessarem as fileiras exclusivas para clientes na arquibancada.

Quem busca mais conforto e não se incomoda de acompanhar a sessão mais próximo da tela, pode escolher algum dos assentos inferiores. As fileiras na parte de baixo da arquibancada são compostas por espreguiçadeiras, posicionadas de forma que o espectador fique reclinado e naturalmente com o campo de visão para a tela, sem precisar erguer muito a cabeça para acompanhar a ação.

Os lugares no Vibra Open Air não são marcados. Por essa razão, é recomendável separar um tempo antes da sessão para escolher o seu lugar e deixar algum objeto ou amigo marcando o assento.

Experiência de cinema premium

Como descrevemos até aqui, o filme é apenas um dos trechos de toda a experiência de uma noite no Vibra Open Air. A estrutura é pensada e se relaciona para criar uma noite completa para o espectador. Existe uma preocupação na montagem do espaço para fazer o convidado sentir que está ganhando um atendimento personalizado, diferente do cinema convencional.

Antes da sessão de Pânico, um ator circulou pelo cinema vestindo a tradicional fantasia do Ghostface, tirando fotos e assustando os mais desavisados que chegavam. É ideal dirigir-se ao Jockey Club antes do começo da sessão para participar das ativações publicitárias no local. As marcas que patrocinam a temporada do Open Air, como Telecine e Lenovo, oferecem postos temáticos com opções de brindes para quem chegar cedo.

Já a recepção do espaço é formada por letreiros enormes e áreas instagramáveis, com iluminação digna de cinema. Logo na entrada, a equipe do Open Air revista os espectadores e mochilas, além de oferecer um voucher de pipoca como brinde.

Espaço tem muitas luzes e áreas instagramáveis (Foto: Canaltech/Lucas Arraz)
Espaço tem muitas luzes e áreas instagramáveis (Foto: Canaltech/Lucas Arraz)

É possível retirar a pipoca em um dos balcões com enorme agilidade e temperá-la como quiser. O quitute tão clássico do cinema vem sem sal, cabendo ao espectador dirigir-se a uma das estações e salgar a pipoca com algumas opções diferentes de tempero, que vão de sal convencional a sal saborizado com bacon.

Existem ainda outras opções pagas de refeição em pequenos restaurantes e bombonieres montados no espaço, além de um bar com vinhos, refrigerantes e água. Os valores vão de R$ 7 para uma garrafa de água até R$ 30 para uma dose de Whisky 12 anos. Um charmoso espaço gastronômico com mesas e cadeiras de madeira é disponibilizado para conversar, comer e beber antes da sessão.

Como chegar ao Vibra Open Air?

O acesso e a saída do Vibra Open Air é feito pelo Portão 1 do Jockey Club. O local privilegia quem vai de carro e escolhe estacionar por lá mesmo. Do contrário, o espectador precisa caminhar um pouco do portão de acesso até a estrada do cinema.

Na saída, o local não é muito movimentado e, durante a experiência da reportagem do Canaltech, precisamos esperar alguns momentos até localizar um carro em aplicativo de transporte privado para voltar para casa. A estação de metrô mais próxima é a Cidade Jardim, a 10 minutos de caminhada.

Acesso até entrada do cinema (Foto: Canaltech/Lucas Arraz)
Acesso até entrada do cinema (Foto: Canaltech/Lucas Arraz)

Quanto custa o Vibra Open Air?

As vendas para o Vibra Open Air online estão abertas, com ingressos a partir de R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira). Os ingressos também estarão disponíveis para trocas por pontos do Premmia, programa de fidelidade dos Postos Petrobras no site do programa.

O Open Air está no vigésimo ano, o primeiro patrocinado pela Vibra, gigante do setor de energia que adquiriu o naming rights como parte de uma forte empreitada de investimentos em cultura.

Idealizado e realizado pela D+3 Produções, de Renato Byington, a maior das telas exibirá, em 2022, 23 filmes dos mais diferentes gêneros, para todos os gostos e idades, e ainda recebe shows únicos e oficinas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos