Mercado abrirá em 3 h 33 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,31
    -1,64 (-2,34%)
     
  • OURO

    1.795,30
    +10,10 (+0,57%)
     
  • BTC-USD

    56.493,33
    -884,55 (-1,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.424,35
    -4,58 (-0,32%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.044,40
    -65,55 (-0,92%)
     
  • HANG SENG

    23.475,26
    -376,98 (-1,58%)
     
  • NIKKEI

    27.821,76
    -462,16 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.306,75
    -84,00 (-0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3506
    +0,0214 (+0,34%)
     

Via aponta impacto de R$810 mi no resultado do 3º tri com provisão para processos trabalhistas

·1 min de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A Via, dona da rede Casas Bahia, informou nesta quarta-feira que, como consequência de uma atualização sobre valores de provisões para processos trabalhistas, registrou um impacto líquido de 810 milhões de reais no resultado do terceiro trimestre, oriundos de provisões para esta linha.

Ao todo, o valor total foi majorado em 1,2 bilhão de reais. Mas o resultado líquido cai considerando outros efeitos, como impacto do reconhecimento de novos créditos tributários de 254 milhões de reais.

A Via ainda estimou impactos nos resultados do quarto trimestre, de 100 milhões a 200 milhões de reais, de 900 milhões a 1 bilhão de reais em 2022 e de 500 milhões a 600 milhões de reais em 2023.

Segundo a Via, essas variações refletem o aumento de aproximadamente 32% no valor do ticket médio de casos sentenciados em 2021 ante os anos 2020 e 2019, além da alta de 82% de novas reclamações trabalhistas no primeiro semestre ante mesmo período do ano passado.

"Isso se deve principalmente à atuação de profissionais especializados em captar causas trabalhistas, que tem como prática incentivar colaboradores ativos e ex-colaboradores a demandarem contra a companhia, com promessas de ganhos e até adiantamento de valores", afirmou a Via no fato relevante.

"Além disso, o cenário de deterioração econômica, reflexo da pandemia da Covid-19, tende a impactar diretamente na decisão de ingresso de novas reclamações", acrescentou a empresa.

(Por Aluísio Alves)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos