Mercado abrirá em 5 h 19 min
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,00
    +1,74 (+2,63%)
     
  • OURO

    1.784,30
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    48.710,24
    -739,79 (-1,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.253,61
    -188,15 (-13,05%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.405,65
    -361,04 (-1,52%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.747,75
    +30,00 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3773
    -0,0180 (-0,28%)
     

Veterano de tecnologia prevê mais três unicórnios no Uruguai

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- O Uruguai pode trazer três novos unicórnios nos próximos dois anos em um vibrante setor de tecnologia que reúne talentos e investimento institucional.

Most Read from Bloomberg

Empresas especializadas em tecnologia financeira, jogos e comércio eletrônico são as candidatas mais prováveis a entrar no clube de startups privadas avaliadas em mais de US$ 1 bilhão, segundo Nicolás Jodal, investidor veterano que cofundou a GeneXus em 1988, uma das maiores empresas de software do Uruguai.

A provedora de pagamentos digitais dLocal, antes o único unicórnio do Uruguai, atingiu valor de mercado acima de US$ 10 bilhões depois da oferta pública inicial em junho. Desde então, investidores como o Grupo Axo, do México, investiram em empresas uruguaias que olham além do país de 3,5 milhões em busca de potenciais clientes. É o caso da plataforma de compra e venda de roupas Vopero, que recebeu US$ 7,5 milhões em uma rodada de financiamento, e da empresa de pagamentos Paigo, que captou US$ 8 milhões.

“O Uruguai terá duas ou três oportunidades de unicórnio” no curto prazo, disse Jodal em entrevista por vídeo de Montevidéu. “Existem várias empresas que são pelo menos pôneis ou centauros de acordo com o ‘valuation’.”

Jodal não espera que a GeneXus, que usa inteligência artificial para criar e fazer manutenção de software, abra o capital. Uma opção para a empresa de capital fechado seria buscar um investidor estratégico, como outra fabricante de software, para levantar capital de crescimento.

“O mundo da tecnologia está olhando para a América Latina”, afirmou. “Estamos no lugar certo com a tecnologia certa. Acho que este é o momento certo” para avaliar capital externo.

O engenheiro de sistemas, de 61 anos, investiu quase US$ 1 milhão do próprio bolso em mais de meia dúzia de companhias uruguaias, como a empresa de jogos em nuvem Abya e a desenvolvedora de veículos agrícolas autônomos Seriema Robotics. A GeneXus também expande o mercado de startups com cisões como a Genexus Consulting e Unanimo.Design.

A GeneXus planeja criar uma joint venture com seu distribuidor na China em 2022, após abrir um escritório de pesquisa e desenvolvimento no Japão em 2020. A Ásia deve responder por cerca de 30% das vendas da empresa, estimadas em US$ 30 milhões este ano, e sua participação na receita tende a crescer, disse Jodal.

“Nossa principal fonte de crescimento no momento é a Ásia e atribuímos muita importância” a essa região, afirmou.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos