Mercado fechado
  • BOVESPA

    130.091,08
    -116,88 (-0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.908,18
    -121,36 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,59
    +0,47 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.857,00
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    39.971,57
    -289,95 (-0,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    991,83
    -18,77 (-1,86%)
     
  • S&P500

    4.246,59
    -8,56 (-0,20%)
     
  • DOW JONES

    34.299,33
    -94,42 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.609,37
    -29,16 (-0,10%)
     
  • NIKKEI

    29.380,49
    -60,81 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    14.040,00
    +9,75 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1125
    -0,0054 (-0,09%)
     

Vestas atinge 5GW em vendas de nova turbina eólica no Brasil; terá unidade Latam

·1 minuto de leitura
Turbinas eólicas

SÃO PAULO (Reuters) - A fabricante dinamarquesa de turbinas para energia eólica Vestas viu pedidos no Brasil para seu mais recente equipamento lançado no país atingirem a marca recorde de 5 gigawatts, informou a companhia nesta terça-feira, ao anunciar também que criará uma unidade especificamente voltada a países latino-americanos.

A fornecedora disse que a chamada Vestas América Latina terá criação efetivada a partir de janeiro de 2022 e será comandada por Eduardo Ricotta. O executivo liderou antes as operações da Ericsson no Brasil e na América do Sul.

"Nos próximos meses de 2021, a Vestas manterá os clientes e parceiros da região da América Latina informados sobre os benefícios e oportunidades desta nova configuração, que deve trazer mais dinamismo e independência para os negócios locais", disse a companhia em nota à imprensa.

A Vestas tem presença em 34 países latino-americanos, área antes considerada pela empresa como uma sub-região de negócio.

A fabricante de turbinas disse ainda que seu principal mercado na região, o Brasil, atingiu em maio a marca de 5 gigawatts em pedidos da turbina V150, com 4,2 megawatts em capacidade instalada.

"O modelo, um dos mais modernos do país, começou a ser fabricado em 2019 em Aquiraz (Ceará) e se tornou o mais vendido de todos os tempos no Brasil. Desse total, 2 GW já foram produzidos", disse a Vestas em nota.

As instalações de energia eólica têm crescido rapidamente no Brasil na última década e hoje correspondem a pouco mais de 10% da capacidade instalada de geração no país, com 18 gigawatts em usinas operacionais, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

(Por Luciano Costa)