Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,06 (-0,10%)
     
  • OURO

    1.777,30
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    55.800,39
    -5.625,16 (-9,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,61 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,67 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    -5,50 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6904
    -0,0307 (-0,46%)
     

Vesta: o projeto “secreto” de robô doméstico que a Amazon tem medo de lançar

Ramon de Souza
·1 minuto de leitura

De acordo com informações exclusivas divulgadas pelo site Business Insider, a Amazon possui, secretamente, um projeto que está em desenvolvimento há quatro anos e possui o codinome de Vesta. Trata-se de um robô doméstico que seria capaz de circular pela sua residência, reconhecer rostos e conversar com membros da família através da assistente pessoal Alexa — seu tamanho seria equiparável ao de dois Echo Show 8, o que lhe concederia dimensões similares às de um gato doméstico.

O próprio ex-CEO da Amazon, Jeff Bezos, teria demonstrado interesse pessoal no projeto, que teria capacidades modulares. Ou seja: tal como no cão-robô Spot, da Boston Dynamics, o cliente teria a capacidade de adicionar periféricos e ainda mais sensores para adaptar o produto de acordo com suas necessidades especiais.

Citando fontes internas da empresa, o jornal afirma que o projeto já conta com 800 funcionários dedicados exclusivamente ao seu desenvolvimento, que está sob o guarda-chuva da Lab126 (laboratório de novos produtos da Amazon, responsável pelas linhas Kindle e Echo). O time teria crescido bastante nos últimos meses, com destaque para o aumento no número de colaboradores específicos para suporte ao consumidor — o que significaria que o gadget está cada vez mais próximo de ser lançado comercialmente.

Ao mesmo tempo, as fontes também citam um gigante medo interno da Amazon, que acredita que o Vesta possa se tornar um fracasso tão vergonhoso quanto o Fire Phone — que custou um prejuízo de US$ 200 milhões à companhia. Também há temores a respeito da aceitação do público sobre questões de privacidade: afinal, os alto-falantes Echo já são alvos de constantes discussões sobre proteção de dados. Imagine então as desconfianças que seriam geradas de uma versão móvel e ainda mais inteligente desses aparelhos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: