Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.322,98
    -1.359,84 (-2,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Veru pode acelerar pesquisas de medicamento para tratar Covid

Riley Griffin
·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- As ações da Veru dispararam depois que seu medicamento experimental contra o câncer mostrou resultados promissores contra a Covid-19 em um ensaio de estágio intermediário. A empresa também disse que autoridades de biodefesa e regulatórias dos EUA podem ajudar a acelerar mais pesquisas.

Segundo estudo com 40 pacientes de alto risco hospitalizados com Covid, os que receberam o medicamento mostraram probabilidade 81% menor de morrer ou sofrer insuficiência respiratória após 29 dias do que aqueles que receberam um placebo, disse a Veru na segunda-feira. As ações da empresa chegaram a subir 19% às 9h55 em Nova York.

A Veru, que tem sede em Miami, disse que conseguiu uma reunião com a FDA, que regula fármacos e alimentos nos EUA, para avaliar o modelo de um ensaio de estágio final para determinar a eficácia da terapia. A empresa disse que também vai se reunir com a Autoridade para Desenvolvimento e Pesquisa Biomédica Avançada (BARDA, na sigla em inglês) para discutir o financiamento. A FDA não quis comentar, e representantes da BARDA não responderam de imediato a um pedido de comentário.

Várias empresas testaram medicamentos aprovados e experimentais contra o câncer para tratar a Covid-19. Como outras terapias oncológicas que foram tentadas, a candidata da Veru bloqueia a inflamação, um dos efeitos mais destrutivos da Covid que pode levar a uma reação letal chamada tempestade de citocinas. Ao mesmo tempo, possui propriedades antivirais que podem fazer diferença.

O medicamento, também usado contra o câncer de próstata, ataca os microtúbulos, estruturas celulares com uma série de funções, incluindo o transporte, disse o CEO da Veru, Mitchell Steiner, em entrevista. O medicamento oral pode impedir que os vírus circulem pelas células e que os bioquímicos inflamatórios se espalhem, disse.

Médicos estão em busca de melhores tratamentos para pacientes com coronavírus, especialmente aqueles com formas mais graves da doença, que continuam a morrer aos milhares. Só nos EUA, a média de sete dias de mortes diárias era de cerca de 3 mil no final de janeiro, de acordo com o Covid Tracking Project. Embora vacinas tenham sido administradas a mais de 100 milhões de pessoas no mundo todo, a necessidade de tratamento provavelmente vai persistir, disse Steiner.

O ensaio de estágio intermediário também mostrou que o medicamento esteve associado a uma redução estatisticamente significativa do tempo que os pacientes permaneciam em unidades de terapia intensiva e a um tempo reduzido em respiradores em cerca de quatro dias. Os pacientes tomaram as cápsulas diariamente por três semanas ou até a alta do hospital, e o tratamento foi bem tolerado, disse a Veru.

“Há cerca de cem mil pacientes doentes que chegam ao hospital a cada semana. É necessário um agente antiviral”, disse Steiner.

A Veru havia inicialmente licenciado o composto da Universidade Estadual de Ohio. Steiner disse que a empresa tem suprimento suficiente para conduzir um ensaio de estágio final em 200 pacientes e que os resultados podem estar prontos até o final do ano.

A empresa poderia aumentar a fabricação do produto por conta própria com financiamento suficiente, disse, e também está aberta à colaboração com um parceiro farmacêutico de maior porte.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.