Mercado fechado
  • BOVESPA

    104.466,24
    +3.691,67 (+3,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.927,38
    +920,22 (+1,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,26
    +1,69 (+2,58%)
     
  • OURO

    1.769,60
    -14,70 (-0,82%)
     
  • BTC-USD

    56.985,59
    +319,17 (+0,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.450,63
    +11,74 (+0,82%)
     
  • S&P500

    4.577,10
    +64,06 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.639,79
    +617,75 (+1,82%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    16.004,00
    +134,25 (+0,85%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3827
    -0,0641 (-0,99%)
     

Versões antigas do Chrome começarão a perder recursos em breve

·2 min de leitura

Seja por teimosia, seja por comodismo, algumas pessoas se negam a atualizar os próprios navegadores — até quando se trata do Chrome, que agora é atualizado com novos recursos e funções todos os meses. Em breve, porém, o usuário resistente perderá mais que os recursos mais recentes do navegador do Google: a sincronização entre dispositivos também deixará de funcionar.

A regra vale para a versão 48 do Chrome ou qualquer outra mais antiga que ela. Essa compilação do navegador foi lançada em janeiro de 2016 — ou seja, esteve nas mãos do público geral há mais de cinco anos — e, na época, trouxe melhorias para a exclusão de histórico e uma série de aprimoramentos pontuais.

Hoje na versão 95, nem o visual do Chrome é o mesmo do pacote lançado em 2016 (Imagem: Reprodução/Google)
Hoje na versão 95, nem o visual do Chrome é o mesmo do pacote lançado em 2016 (Imagem: Reprodução/Google)

A função "Sincronizar entre dispositivos" é aquilo que mantém a atividade online em dia a partir de todos os aparelhos conectados à mesma conta Google: o histórico e os favoritos do computador aparecem no celular e vice-versa. Essa é uma das capacidades mais importantes (e úteis) do Chrome, então certamente os usuários sentirão falta dela assim que a nova política entrar em vigor.

Atualmente, o Chrome está na versão 95 e, desde 2016, muita coisa mudou — desde visual ao fluxo de atualizações. A compatibilidade com os recursos mais modernos da web também está incluída e, com o tempo, a compilação defasada também ficará para trás nesse sentido. Não deve demorar, também, para que a versão 96 chegue a todos os computadores.

Se não há um bom motivo para resistir, atualize

Se não houver uma razão indispensável para não atualizar o navegador (estar com um sistema operacional antigo e não mais suportado, por exemplo), considere fazer o download assim que possível. De toda forma, é extremamente importante manter os softwares do computador em dia, tanto para ter acesso às funcionalidades mais interessantes quanto pelos mecanismos de segurança fundamentais para manter sua navegação pela internet segura e confiável.

Não sabe como atualizar? Uma instalação limpa do navegador resolve. Para isso, acesse o site do Chrome no computador e faça o download do navegador. Se tudo estiver nos conformes quanto ao suporte da sua máquina e do sistema, o novo app será instalado sem qualquer dificuldade — daí, é só fazer login com suas credenciais do Google e pronto: todos os seus hábitos, histórico e favoritos devem ser preservados.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos