Mercado abrirá em 2 h 35 min
  • BOVESPA

    119.297,13
    +485,13 (+0,41%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.503,71
    +151,51 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,13
    +0,95 (+1,58%)
     
  • OURO

    1.744,50
    -3,10 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    63.987,63
    +1.404,07 (+2,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.379,06
    +85,07 (+6,57%)
     
  • S&P500

    4.141,59
    +13,60 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    33.677,27
    -68,13 (-0,20%)
     
  • FTSE

    6.899,61
    +9,12 (+0,13%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    -130,61 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.995,75
    +20,00 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8348
    +0,0036 (+0,05%)
     

Versão soviética de Senhor dos Anéis produzida há 30 anos viraliza na web

Beatriz Vaccari
·2 minuto de leitura

Muita gente não sabe, mas antes da obra de J. R. R. Tolkien ser adaptada por Peter Jackson nos cinemas, O Senhor dos Anéis teve uma versão soviética que foi exibida na televisão apenas uma vez, em 1991. Trinta anos depois desse acontecimento, o telefilme foi disponibilizado no YouTube e viralizou nesse último final de semana na internet. Veja abaixo.

O filme dirigido por Natalya Serebryakova teve o roteiro baseado em A Sociedade do Anel, sendo sua única adaptação da saga literária.O título foi exibido na televisão 10 anos antes da produção de Peter Jackson chegar aos cinemas, mostrando uma versão de baixo orçamento, tanto no figurino quanto efeitos especiais.

A versão soviética inclui alguns elementos da trama deixados de fora do blockbuster, a exemplo de uma aparição do importante personagem Tom Bombadil, um morador da floresta, considerado por muitos dos fãs o grande "deus da Terra Média" e que cortado do filme de Jackson por ser muito prolixo — e levantar dúvidas sobre sua capacidade de levar a trama adiante.

(Imagem: Divulgação / New Line Cinemas)
(Imagem: Divulgação / New Line Cinemas)

Recentemente, foi divulgado que as estrelas de O Senhor dos Anéis e O Hobbit juntaram-se para salvar a casa de Tolkien, em que suas obras foram imaginadas e escritas. O local corria risco de ser vendido, e uma arrecadação online visava transformá-lo em um museu para fãs. Infelizmente, conforme divulgado em nota em março pelo Projeto Northmoor, "não conseguimos encontrar um caminho para financiar a compra da casa antes de o vendedor escolher outro comprador".

A série de Tolkien foi adaptada para o cinema em 2001 com O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel, e as sequências lançadas nos dois anos posteriores: As Duas Torres, em 2002; e O Retorno do Rei, em 2003. Os enredos anteriores chegaram na forma de O Hobbit, em 2012, com Uma Jornada Inesperada dando início a uma segunda trilogia, encerrada com Desolação de Smaug e A Batalha dos Cinco Exércitos. A vida do escritor foi transmitida para as telonas em 2019, com Tolkien.

Com relação às novas atrações relacionadas à franquia, a Amazon fechou um contrato em 2017 para trazer a obra de Tolkien em uma série. De acordo com uma sinopse confirmada pela própria companhia, a trama deve abordar eventos anteriores aos mostrados nas adaptações de Jackson, e contará com personagens novos e outros familiares, em importantes locais da Terra Média, a exemplo das Montanhas Nebulosas e a capital dos Elfos de Lindon e a ilha de Númenor.

Ainda não dá para saber de quem serão os “rostos familiares”, mas Morfydd Clark estará de volta no papel da elfa Galadriel. Elrond também deve participar da trama, contudo, a escalação de Hugo Weaving, que viveu o personagem nos cinemas, não está confirmada. Completam o elenco Tom Budge, Ismael Cruz Córdova, Ema Horvath, Markella Kavenagh, Joseph Mawle, Tyroe Muhafidin, Sophia Nomvete, Megan Richards, Dylan Smith, Charlie Vickers e Daniel Weyman. Ainda não há previsão de estreia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: