Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    46.636,41
    -4,23 (-0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Vereador perde pai, mãe e irmão para Covid-19 em intervalo de oito dias GO

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Vereador perdeu pai, mãe e irmão mais velho para a Covid-19 (Foto: Reprodução/Instagram)
Vereador perdeu pai, mãe e irmão mais velho para a Covid-19 (Foto: Reprodução/Instagram)

O vereador por Goiânia (GO), Cabo Senna (Patriota), perdeu o pai em decorrência da Covid-19 na noite desta quinta-feira (18). Oito dias atrás, em 10 de fevereiro, a doença também matou a mãe e um dos irmãos de Senna.

Eduardo de Sousa Soares, de 80 anos, estava intubado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital de Campanha da capital, mas não resistiu às complicações da Covid-19, de acordo com nota divulgada pela assessoria do parlamentar.

Leia também

Já a mãe do vereador, Zélia de Sena Soares, também de 80 anos, e o irmão mais velho, Francisco de Assis de Sena Soares, 56, morreram no último dia 10 de fevereiro.

De acordo com o UOL, oito familiares do vereador foram diagnosticados com a Covid-19.

"Pedimos que toda a sociedade se conscientize da gravidade desse vírus e respeitem todos os protocolos de prevenção", diz trecho da nota da assessoria do político.

Sena diz não saber explicar o que houve, pois seguia os protocolos de segurança contra a doença. Ele teve Covid-19 em junho do ano passado, juntamente com a esposa, mas afirmou ao UOL que sempre visistava os pais mantendo distância.

"Fique mal, mas não precisei de internação, porém as pessoas precisam tomar cuidado nesse momento com as variantes do coronavírus",concluiu, referindo-se as novas mutações do vírus.

Segundo dados oficiais da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, a capital do estado registrou até a noite desta quinta-feira (18), 108.470 casos confirmados da Covid-19, 3.592 internações em UTI e 2.530 óbitos.