Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,48
    -0,02 (-0,02%)
     
  • OURO

    1.772,50
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    23.374,92
    +43,78 (+0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,74
    +1,01 (+0,18%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.529,75
    +6,50 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2349
    -0,0243 (-0,46%)
     

Ventos de fogo: tempestade solar deve atingir a Terra nesta quarta-feira

Ventos de Fogo: tempestade solar deve atingir a Terra nesta quarta-feira
Ventos de Fogo: tempestade solar deve atingir a Terra nesta quarta-feira
  • Os ventos solares de alta velocidade devem desencadear uma tempestade solar G1;

  • O fenômeno pode causar flutuações da rede elétrica e pequenas interrupções nas operações dos satélites;

  • tempestades geomagnéticas mais extremas podem derrubar satélites na Terra.

Especialistas alertam para tempestades solares que podem atingir a Terra nesta quarta-feira (3).Expelidos de um filamento na atmosfera do sol, os ventos solares de alta velocidade devem desencadear uma tempestade geomagnética G1, quando atingirem o campo magnético do nosso planeta.

De acordo com o Spaceweather.com, meteorologistas do Centro de Previsão de Tempo Espacial (SWPC) da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos EUA fizeram a previsão ao observar que “o material gasoso está fluindo de um buraco sul na atmosfera solar”.

Felizmente, a escala G-1 é a forma mais fraca de uma tempestade geomagnética De acordo com a NASA, o fenômeno, nessa intensidade, pode causar flutuações da rede elétrica e pequenas interrupções nas operações dos satélites.

A título de comparação, tempestades geomagnéticas mais extremas podem interromper o campo magnético do nosso planeta poderosamente o bastante a ponto de derrubar satélites na Terra, segundo informa o site LiveScience. Especialistas afirmam que eventos desse tipo podem até danificar o funcionamento da internet.

Os filamentos solares são gigantescos fios de gás eletrificado ou plasma que flutuam ao redor da atmosfera do Sol, influenciados por seu poderoso campo magnético. Esses fios instáveis ​​geralmente aparecem acima das manchas solares, que são regiões magneticamente perturbadas na superfície do Sol.

O que é uma explosão solar?

As erupções solares são explosões de radiação do Sol que às vezes atingem a Terra ou disparam para o espaço profundo.

Segundo a NASA: "Uma explosão solar é uma intensa explosão de radiação proveniente da liberação de energia magnética associada a manchas solares".

As erupções solares podem durar apenas alguns minutos ou lançar fluxos de radiação por horas.

Por que as erupções solares continuam atingindo a Terra?

A frequência de vezes em que explosões solares atingem a Terra depende de como o Sol está se comportando. Os acertos podem variar de uma erupção solar por semana a várias por dia.

O Sol está no início de seu ciclo de 11 anos e em uma fase muito ativa. Isso significa que atualmente estamos vendo erupções solares mais frequentes. A cada 11 anos, o campo magnético do Sol muda.

O ciclo marca a mudança do campo magnético do sol. Com isso, os polos norte e sul mudam e isso pode fazer com que o Sol se comporte de forma irregular antes de se estabelecer. Uma vez que se estabiliza, o campo magnético se inverte e o ciclo começa novamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos