Mercado fechará em 3 h 5 min
  • BOVESPA

    122.341,92
    +540,71 (+0,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.297,81
    +102,38 (+0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,94
    +0,79 (+1,16%)
     
  • OURO

    1.808,80
    -5,70 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    39.649,85
    +184,02 (+0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,91
    +7,01 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.416,97
    +14,31 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    34.966,56
    +173,89 (+0,50%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.139,50
    +66,00 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1328
    +0,0145 (+0,24%)
     

Venezuela leiloa primeiro NFT estatal por mais de US$ 10.000

·2 minuto de leitura

Nesta sexta-feira (25), a Venezuela anunciou o lançamento de seu primeiro NFT como país, na mundialmente conhecida plataforma de tokens não-fungíveis Rarible.

A notícia foi divulgada por Joselit Ramírez, superintendente nacional de criptoativos do país latino-americano em sua conta no Twitter, destacando que o ativo era para celebrar o Bicentenário da Batalha de Carabobo.

“No marco da comemoração do Bicentenário da Batalha de Carabobo, imortalizamos nosso primeiro NFT em tecnologia Blockchain, ratificando hoje 200 anos depois a vitória alcançada pelo Libertador Simón Bolívar: Nossa INDEPENDÊNCIA!!”

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O leilão tem uma oferta inicial de 5.154 ETH, equivalente a mais de US$ 10.000, de acordo com a cotação da Ethereum (ETH) no fechamento desta matéria.

Pioneirismo

Com este anúncio, a Venezuela se torna um dos países que está inicialmente adotando o uso de criptoativos em sua economia.

Uma prova disso seria o fato da Venezuela ter sido o primeiro país do mundo a criar sua própria criptomoeda; o polêmico Petro. O ativo é respaldado nas grandes reservas de petróleo, ouro e diamantes do país.

Além disso, o governo está desenvolvendo uma estrutura regulatória razoavelmente completa e não restritiva para o uso e troca de criptoativos pela sua população.

Dessa forma, a Venezuela se torna o primeiro país da América Latina, por meio de uma instituição governamental, a tokenizar um momento importante de sua sociedade, como a batalha de Carabobo.

Por que NFT ter preço alto

O NFT em questão é uma representação de um acontecimento histórico para o país e para o continente, o que ajuda a entender o seu alto valor no leilão.

Não se trata apenas de preços, mas do valor da obra, e esse valor reside na característica de serem ativos únicos que não podem ser replicados e cuja existência é claramente limitada.

O boom dos tokens não-fungíveis (NFT) inicialmente parecia ser destinado à indústria privada, especialmente nos ramos das artes e música.

No entanto, nos últimos meses, um movimento interessante está sendo desenvolvido por setores tradicionais interessados ​​em usar a rede blockchain para cunhar obras, objetos ou momentos que são “únicos” e “raros” para a sociedade.

Além disso, estão sendo desenvolvidos sistemas de identidade digital, ingressos e tickets para shows e eventos, além de uma vasta quantidade de casos de uso ainda não explorados, mas que são possíveis graças a esta nova tecnologia.

O artigo Venezuela leiloa primeiro NFT estatal por mais de US$ 10.000 foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos