Mercado fechará em 14 mins
  • BOVESPA

    111.231,70
    -841,84 (-0,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.319,68
    -699,23 (-1,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,72
    +0,31 (+0,41%)
     
  • OURO

    1.932,60
    -10,20 (-0,53%)
     
  • BTC-USD

    24.082,78
    +1.003,55 (+4,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    551,05
    +5,74 (+1,05%)
     
  • S&P500

    4.184,94
    +65,73 (+1,60%)
     
  • DOW JONES

    34.028,71
    -64,25 (-0,19%)
     
  • FTSE

    7.820,16
    +59,05 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    21.958,36
    -113,82 (-0,52%)
     
  • NIKKEI

    27.402,05
    +55,17 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    12.873,25
    +459,00 (+3,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4813
    -0,0731 (-1,32%)
     

Vendas de veículos nos EUA caem em 2022, diz consultoria

BENGALURU, Índia (Reuters) - As vendas de veículos novos nos Estados Unidos recuaram em 2022, afetadas por falta de estoque, que pesou mais sobre marcas asiáticas do que nas gigantes de Detroit, como General Motors e Ford, segundo dados da consultoria Cox Automotive.

Os emplacamentos devem somar cerca de 13,9 milhões de veículos, queda de 8% sobre 2021 e recuo de 20% ante o pico de 2016, segundo a consultoria.

A escassez de estoque, causada pelo aumento dos custos de matéria-prima e persistente escassez de componentes eletrônicos, se estendeu até 2022, prejudicando a produção de muitas montadoras. A oferta apertada manteve os preços de carros e caminhões elevados, mesmo quando o estoque de veículos melhorou no segundo semestre do ano.

A Toyota está entre as mais atingidas pela escassez de peças, que forçou a empresa japonesa a cortar sua meta de produção para o ano inteiro em novembro.

O corte levará a empresa japonesa a ceder o lugar de líder de vendas nos EUA em 2022 para a GM, que perdeu essa posição no final de 2021 pela primeira vez desde 1931, de acordo com a Cox Automotive e o marketplace automotivo TrueCar.

As vendas da GM nos EUA em 2022 devem mostrar alta de 2,3%, enquanto as da Toyota devem exibir recuo de 9%, de acordo com a Cox Automotive. Ambas as montadoras devem divulgar os números nesta quarta-feira.