Vendas no varejo dos EUA caem 0,3% em outubro

As vendas no varejo dos Estados Unidos caíram 0,3% em outubro ante setembro, para o valor sazonalmente ajustado de US$ 411,59 bilhões, segundo informou hoje o Departamento do Comércio. A retração foi maior do que o esperado pelos economistas ouvidos pela Dow Jones, que previam queda de 0,2%. Em relação a outubro do ano passado, as vendas subiram 3,8%.

Excluindo o setor de automóveis e gasolina, as vendas no varejo caíram 0,3% na variação mensal, quando a estimativa era de alta de 0,2%. Excluindo só automóveis, as vendas ficaram estáveis.

A queda nas vendas no varejo em outubro é resultado da passagem do furacão Sandy pela Costa Leste dos EUA na última semana daquele mês. Segundo o Departamento do Comércio, a supertempestade teve efeitos positivos e negativos.

Algumas lojas reportaram queda nas vendas porque o Sandy as forçou a fechar temporária ou permanentemente, ou simplesmente em função da queda no número de clientes. Mas outras varejistas registraram altas nas vendas, com os consumidores estocando produtos para casos de emergência, como gasolina e alimentos.

As vendas em lojas de material de construção e equipamentos de jardinagem caíram 1,9% em outubro ante setembro, enquanto as vendas de automóveis e autopeças recuaram 1,5%, a maior retração em mais de um ano. Já as vendas em postos de gasolina subiram 1,4%, enquanto as vendas de alimentos e bebidas avançaram 0,8%.

Os números para novembro e os próximos meses podem mostrar uma alta nas vendas no varejo, já que as pessoas afetadas pelo furacão provavelmente terão de comprar novos produtos para suas casas, além de alimentos e roupas. As informações são da Dow Jones.

Carregando...