Mercado abrirá em 3 h 7 min
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,14
    +0,06 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.781,40
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    33.341,23
    -580,51 (-1,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    805,42
    -4,77 (-0,59%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.094,41
    +20,35 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    28.882,46
    +65,39 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.349,50
    +86,50 (+0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9329
    +0,0044 (+0,07%)
     

Vendas do varejo caem 0,6% em março, com agravamento da pandemia

·1 minuto de leitura

RIO — As vendas do varejo brasileiro caíram 0,6% em março após alta de 0,5% em fevereiro, segundo dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do IBGE divulgados nesta sexta-feira. É o terceiro resultado negativo nos últimos quatro meses.

O resultado veio em linha com o esperado pelo mercado. Os especialistas ouvidos pela Reuters previam queda de 1,7% no mês. Em 12 meses, o setor acumula alta de 0,7%.

O resultado de março sinaliza a dificuldade que o varejo tem enfrentado com a piora do cenário socioeconômico. As restrições impostas à mobilidade para conter o recrudescimento da pandemia, além do alto desemprego e fim da primeira rodada do auxílio emergencial, indicam perda de fôlego do setor.

Além desses fatores, o aumento de preços tem pressionado a inflação, o que afeta o consumo das famílias. Segundo a última pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central, a projeção do mercado para a inflação de 2021 subiu de 5,01% para 5,04% - aproximando-se do teto da meta, de 5,25%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos