Mercado fechado

Vendas por marcas em novembro: Renault retoma quarto lugar da Ford

feedback@motor1.com (Daniel Messeder)
Renault Sandero Intense CVT 2020

Liderança do T-Cross no segmento aumentou participação da Volkswagen

Com retração de 4,2% em relação a outubro (devido ao menor número de dias úteis), o mercado de automóveis e comerciais leves fechou novembro com a marca de 230.992 veículos emplacados. Se na relação dos modelos mais vendidos houve bastante movimentação entre os primeiros colocados (veja lista), entre as marcas as novidades foram poucas. 

Mercado:

O destaque do mês ficou por conta da Renault, que foi a única do top 5 a vender mais que em outubro, com 21.275 carros (contra 19.847 no mês passado). Foi o suficiente para retomar a quarta posição mensal e deixar a Ford para trás. 

VW T-Cross 200 TSI MT - Teste

Na liderança, a GM teve menos carros vendidos no geral, mas manteve sua participação de mercado praticamente inalterada - foi de 17,95% em outubro para 17,91% em novembro. Em segundo lugar, a Volkswagen teve crescimento em market share, saindo de 15,66% para 16,14%. Parte desse resultado pode ser creditado ao T-Cross, que pela primeira vez liderou o segmento de SUVs compactos, superando a marca de 6 mil unidades mensais. 

Em terceiro, a Fiat manteve estável sua distância para a VW, com destaque para a terceira posição do Argo no ranking geral, além da dupla liderança de suas picapes (Strada e Toro) entre os comerciais leves. 

Fiat Argo Trekking 1.8 AT

Ford, Toyota, Hyundai e Jeep perderam não somente vendas como também participação, enquanto a Honda teve leve acréscimo de market share, na nona colocação. Em décimo, a Nissan tem a posição mais confortável de todo o ranking. As rivais mais próximas, Peugeot e Renault, são cerca de quatro vezes menor que a marca japonesa. No entanto, a Nissan também precisa aumentar sua linha se quiser voltar a brigar com Honda e Jeep pelos lugares mais acima. 

Apesar dos esforços em publicidade, a Caoa-Chery ainda não conseguiu superar as marcas do grupo PSA, embora tenha deixado a Mitsubishi para trás em novembro. 

Já entre as marcas de luxo, a BMW vem colhendo os frutos do bom desempenho do novo Série 3, superando a Mercedes-Benz e a Audi - esta em compasso de espera do seu best-seller Q3 chegar às lojas em nova geração.  

POS. 

MARCA

NOV. 19

PART.

CHEVROLET

41.357

17,91%

VOLKSWAGEN

37.277

16,14%

FIAT

32.657

14,14%

RENAULT

21.275

9,21%

FORD

19.232

8,33%

TOYOTA

18.313

7,93%

HYUNDAI

16.346

7,08%

JEEP

11.459

4,96%

HONDA

10.799

4,68%

10º

NISSAN

8.224

3,56%

11º

PEUGEOT

1.940

0,84%

12º

CITROËN

1.929

0,84%

13º

CAOA-CHERY

1.902

0,82%

14º

MITSUBISHI

1.832

0,79%

15º

BMW

1.177

0,51%

16º

MERCEDES-BENZ

915

0,40%

17º

AUDI

817

0,35%

18º

VOLVO

754

0,33%

19º

KIA

662

0,29%

20º

LAND ROVER

419

0,18%

Fonte: Fenabrave