Mercado fechado

Vendas pela internet devem ter desconto menor em Black Friday e Natal de 2021

·1 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 27.11.2020 - Fachada de loja no Tietê Plaza Shopping na Black Friday. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 27.11.2020 - Fachada de loja no Tietê Plaza Shopping na Black Friday. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As vendas pela internet devem ter descontos menores na reta final de 2021 na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo levantamento da Adobe sobre tendências de consumo no mundo.

As promoções de equipamentos eletrônicos, por exemplo, devem chegar a 22%, ante 27% em 2020. Historicamente, este grupo costuma ter descontos maiores na comparação com outras 18 categorias de produtos, inclusive ao longo do ano, diz a Adobe.

A projeção considera o intervalo entre 1º de novembro e 31 de dezembro, e abrange datas como Black Friday e Natal.

Mesmo com menos descontos, as vendas online na temporada devem crescer 11% em relação ao ano passado, chegando a US$ 910 bilhões no mundo.

De acordo com a pesquisa, cerca de 50% dos entrevistados planejam presentear outras pessoas com bens físicos, enquanto 17% querem oferecer uma experiência, como ingressos para shows, eventos esportivos e passagens aéreas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos