Mercado fechará em 35 mins
  • BOVESPA

    119.523,63
    -1.112,76 (-0,92%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.110,16
    -385,25 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,50
    +0,52 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.865,40
    +25,20 (+1,37%)
     
  • BTC-USD

    35.008,95
    +608,98 (+1,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    691,29
    -9,32 (-1,33%)
     
  • S&P500

    3.850,50
    +51,59 (+1,36%)
     
  • DOW JONES

    31.168,19
    +237,67 (+0,77%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.962,47
    +320,19 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.523,26
    -110,20 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.283,00
    +297,50 (+2,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4183
    -0,0803 (-1,24%)
     

Vendas de novas moradias nos EUA têm forte queda em novembro

·1 minuto de leitura
Casa nova é vista em construção em Los Angeles

WASHINGTON (Reuters) - As vendas de novas moradias para uma única família nos Estados Unidos caíram mais do que o esperado em novembro, mas o mercado imobiliário permanece sustentado por taxas hipotecárias historicamente baixas.

As vendas de novas moradias despencaram 11,0% no mês passado, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 841 mil unidades, disse o Departamento do Comércio nesta quarta-feira.

Economistas consultados pela Reuters projetavam queda de 0,3% nas vendas de novas moradias em novembro. O segmento responde por cerca de 11,2% das vendas do mercado imobiliário, para uma taxa de 995 mil unidades.

Na comparação anual, as vendas saltaram 20,8%.

O ritmo de vendas de outubro foi revisado para baixo, a 945 mil unidades, de 999 mil informadas antes.

(Reportagem de Lucia Mutikani)