Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.633,84
    -1.862,22 (-4,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Vendas de novas moradias nos EUA recuam em abril

·1 minuto de leitura
Casa à venda em Davenport, Flórida (EUA)

WASHINGTON (Reuters) - As vendas de novas residências unifamiliares nos Estados Unidos caíram em abril, uma vez que os preços dispararam em meio a uma oferta restrita de casas, o que ameaça desacelerar o ímpeto do mercado imobiliário.

As vendas de novas moradias caíram 5,9% no mês passado, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 863 mil unidades. O ritmo de vendas de março foi revisado para baixo, para 917 mil unidades, ante 1,021 milhão relatadas anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam que as vendas de novas moradias, que representam uma pequena parcela das vendas de casas nos EUA, ficariam em 970 mil unidades em abril.

(Por Lucia Mutikani)