Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.316,16
    -1.861,39 (-1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.774,91
    -389,10 (-0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,38
    -1,63 (-2,01%)
     
  • OURO

    1.927,60
    -2,40 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    23.532,09
    +572,26 (+2,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    526,66
    +9,65 (+1,87%)
     
  • S&P500

    4.070,56
    +10,13 (+0,25%)
     
  • DOW JONES

    33.978,08
    +28,67 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.765,15
    +4,04 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    22.688,90
    +122,12 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    27.382,56
    +19,81 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.221,00
    +114,25 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5462
    +0,0265 (+0,48%)
     

Vendas no varejo da zona do euro foram mais fracas do que o esperado em outubro

Pessoas caminham por shopping de Berlim, na Alemanha

BRUXELAS(Reuters) - As vendas no varejo da zona do euro foram ligeiramente mais fracas do que o esperado em outubro, mostraram dados nesta segunda-feira, caindo mais do que o previsto em um sinal de enfraquecimento da demanda do consumidor que pode anunciar o início da esperada recessão técnica.

O escritório de estatísticas da União Européia disse que as vendas no varejo nos 19 países que usam o euro caíram 1,8% na comparação mensal, com um declínio de 2,7% na comparação anual. Economistas consultados pela Reuters esperavam queda de 1,7% no mês e de 2,6% no ano.

As vendas no varejo são uma proxy para a demanda do consumidor e sua queda no início do último trimestre do ano está em linha com as expectativas da Comissão Europeia de uma contração econômica no quarto trimestre de 2022, seguida por outra queda na produção nos primeiros três meses de 2023 --uma recessão técnica.

As vendas de produtos não alimentares foram as que mais diminuíram em termos mensais, 2,1%, enquanto as vendas de produtos alimentares, bebidas e tabaco foram as que mais caíram na comparação anual, em 3,9%.

(Reportagem de Jan Strupczewski)