Mercado abrirá em 6 h 15 min
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.840,30
    -2,30 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    38.866,67
    -3.011,57 (-7,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    917,81
    -77,45 (-7,78%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.762,40
    -189,95 (-0,76%)
     
  • NIKKEI

    27.410,30
    -362,63 (-1,31%)
     
  • NASDAQ

    14.678,50
    -162,50 (-1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1362
    +0,0061 (+0,10%)
     

Vendas no varejo da zona do euro superam expectativas em novembro

·1 min de leitura
Placa alerta para limite de capacidade de apenas 6 pessoas em loja de Landshut, na Alemanha

FRANKFURT (Reuters) - As vendas no varejo da zona do euro superaram todas as expectativas em novembro, impulsionadas por compras não relacionadas a alimentos em lojas, mostraram dados da Eurostat nesta sexta-feira, indicando que a demanda do consumidor permanece saudável mesmo com novas restrições relacionadas à pandemia.

As vendas varejistas, medida para a demanda do consumidor nos 19 países que usam o euro, subiram 1% em valor no mês, contra expectativa de queda de 0,5% em pesquisa da Reuters com analistas.

Na comparação com um ano antes, as vendas aumentaram 7,8%, bem acima da projeção de 5,6%, informou a agência de estatísticas da União Europeia.

As vendas não relacionadas a alimentos cresceram 1,6% no mês, enquanto as de combustíveis caíram 1,5%, revertendo tendência anterior.

(Reportagem de Balazs Koranyi)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos