Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.095,44
    -368,83 (-0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,94
    +0,64 (+0,87%)
     
  • OURO

    1.747,90
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    42.505,45
    -2.054,34 (-4,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.059,21
    -43,85 (-3,98%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,25
    +15,75 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2589
    +0,0339 (+0,54%)
     

Vendas no varejo da zona do euro ficam mais fracas que o esperado em julho

·1 minuto de leitura
Pessoa paga por suas compras em loja de frutas de Ronda, na Espanha, em meio a disseminação da Covid-19

BRUXELAS (Reuters) - As vendas no varejo da zona do euro, medida para a demanda do consumidor, foram muito mais fracas do que o esperado em julho, pressionadas principalmente pela forte queda no números de bens comprados online.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou nesta sexta-feira que as vendas nos 19 países que usam o euro caíram 2,3% em julho sobre junho, mas ainda ficaram 3,1% acima do mesmo mês de 2020.

Economistas consultados pela Reuters esperavam aumento mensal de 0,1% e anual de 4,8%.

As vendas de junho foram revisadas a um aumento de 1,8%, de 1,5% antes, e para 5,4%, de 5,0%, na comparação anual.

A Eurostat informou que as vendas por internet e correio tiveram a maior queda no mês, de 7,3%, enquanto as de combustíveis caíram 1,6% e as de alimentos recuaram 0,7%.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos