Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.667,78
    +440,32 (+0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.151,38
    -116,95 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,56
    +0,34 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.803,00
    +5,10 (+0,28%)
     
  • BTC-USD

    49.705,33
    +1.135,70 (+2,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,60
    -35,32 (-3,48%)
     
  • S&P500

    3.925,43
    +44,06 (+1,14%)
     
  • DOW JONES

    31.961,86
    +424,51 (+1,35%)
     
  • FTSE

    6.658,97
    +33,03 (+0,50%)
     
  • HANG SENG

    29.718,24
    -914,40 (-2,99%)
     
  • NIKKEI

    29.671,70
    -484,33 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.326,25
    +24,25 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5807
    -0,0298 (-0,45%)
     

Vendas no varejo da zona do euro se recuperam mais que o esperado em dezembro

·1 minuto de leitura
Vendas no varejo da zona do euro se recuperam mais que o esperado em dezembro

BRUXELAS (Reuters) - As vendas no varejo da zona do euro se recuperaram mais do que o esperado em dezembro uma vez que as compras de Natal de roupas e calçados impulsionaram as vendas em relação a novembro, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que as vendas varejistas nos 19 países que usam o euro saltaram 2,0% em dezembro sobre o mês anterior, superando a expectativa em pesquisa da Reuters de alta de 1,6%.

Na comparação com dezembro de 2019, as vendas aumentaram 0,6% apesar dos lockdowns devido à pandemia de Covid-19, duas vezes mais que o esperado por economistas.

A Eurostat informou que as vendas mensais de calçados e roupas saltaram 12,4% em dezembro ante queda de 30,5% em novembro, compensando o recuo mensal de 7% em produtos elétricos e móveis e recuos menores em equipamentos de computador e livros, farmacêuticos e compras na internet.

(Reportagem de Jan Strupczewski)