Mercado fechará em 6 h 40 min

Vendas no varejo crescem 2,8% em agosto, segundo índice da Cielo

Comércio popular no Rio de Janeiro

Por Andre Romani

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas no varejo brasileiro cresceram 2,8% em agosto ante um ano antes, descontada a inflação, segundo índice calculado pela empresa de meio de pagamentos Cielo e divulgado nesta terça-feira.

Esse foi o décimo mês seguido em que o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) é positivo, o que não ocorria desde dezembro de 2019, disse Diego Adorno, gerente de Produtos de Dados da Cielo, no comunicado.

Ele destacou que segmentos como postos de gasolina; turismo e transporte; e bares e restaurantes vêm potencializando a performance do índice. "No caso de postos de gasolina é possível associar a aceleração do crescimento de vendas, já descontada a inflação, à queda de preços verificada recentemente", disse.

A Cielo ainda afirmou que efeitos de calendário ajudaram o desempenho em agosto, com uma quarta-feira a mais, dia que as vendas costumam ser mais intensas, e um domingo a menos, quando o comércio normalmente tem performance mais fraca.

O ICVA é apurado junto a 1,1 milhão de varejistas no país credenciados à companhia e distribuídos por 18 setores.

(Por Andre Romani. Edição Beatriz Garcia.)