Vendas de motos sobem 16,9% em outubro

Levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), divulgado nesta quinta-feira, aponta que as vendas de motocicletas no varejo em outubro atingiram 134.727 unidades, alta de 16,9% ante as 115.269 unidades de setembro. No entanto, como outubro teve três dias úteis de negócios a mais que setembro, na média diária de vendas a alta foi de 0,94% entre os períodos.

Na comparação com outubro do ano passado, quando foram comercializadas 146.110 motocicletas, o volume do mês passado foi 7,8% menor. No acumulado de janeiro a outubro de 2012, há uma retração de 12,8% nos emplacamentos em relação a igual período de 2011, com 1.377.618 unidades este ano contra 1.580.432 de janeiro a outubro do ano passado.

"O fato positivo é que já deixamos de registrar queda e começamos a observar uma tendência de recuperação", informou Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo. Ele atribuiu a melhora do cenário às novas linhas de financiamento de motos anunciadas pelos bancos estatais. "O destaque é o crescimento dos negócios por meio da linha de financiamento colocada em prática pela Caixa Econômica Federal/PanAmericano", disse.

A produção de motos cresceu 1,8% entre setembro e outubro, de 130.940 unidades para 133.311 unidades. Na comparação mensal, a produção ficou 31,8% abaixo da registrada de 195.426 motocicletas em outubro do ano passado. No acumulado do ano, foram produzidas 1.486.062 motocicletas contra 1.839.525 unidades do mesmo período de 2011, queda de 19,2%.

As exportações totalizaram 8.517 unidades em outubro, correspondendo a uma redução de 4,3% em relação a setembro (8.898 unidades), mas 50,1% acima do volume exportado em outubro de 2011 (5.675 unidades).

Carregando...