Mercado fechará em 5 h 13 min
  • BOVESPA

    120.599,15
    +537,16 (+0,45%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.973,49
    +105,87 (+0,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,97
    -0,38 (-0,62%)
     
  • OURO

    1.786,20
    -6,90 (-0,38%)
     
  • BTC-USD

    54.679,84
    -900,94 (-1,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.278,78
    +35,72 (+2,87%)
     
  • S&P500

    4.171,25
    -2,17 (-0,05%)
     
  • DOW JONES

    34.036,83
    -100,48 (-0,29%)
     
  • FTSE

    6.926,86
    +31,57 (+0,46%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.924,00
    +4,75 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6000
    -0,1020 (-1,52%)
     

Vendas de moradias usadas nos EUA têm forte queda em fevereiro

·1 minuto de leitura
Casa vendida na Califórnia

WASHINGTON (Reuters) - As vendas de moradias nos Estados Unidos recuaram mais do que o esperado em fevereiro, uma vez que o tempo frio afetou muitas partes do país, e a recuperação pode ser ofuscada pela alta das taxas hipotecárias e preços mais altos em meio ao aperto da oferta.

A Associação Nacional de Corretores informou nesta segunda-feira que as vendas de moradias usadas caíram 6,6%, para uma taxa ajustada sazonalmente de 6,22 milhões de unidades, no mês passado.

Economistas consultados pela Reuters projetavam queda de 3,0%, para 6,5 milhões de unidades, em fevereiro. As revendas de moradias, que respondem pela maior parte das vendas nos EUA, aumentaram 9,1% na comparação anual.

O frio rigoroso, que trouxe fortes tempestades de inverno no Texas e em outras partes da região Sul, prejudicou a atividade econômica no mês passado, afetando as vendas no varejo, a produção nas fábricas e a construção de moradias.

(Reportagem de Lucia Mutikani)