Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.814,98
    +786,94 (+1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Vendas de Chromebooks despencam 37% no terceiro trimestre de 2021

·1 min de leitura

Depois de um dos melhores anos da história em 2020, as vendas dos Chromebooks despencarem no terceiro trismestre de 2021. Segundo a Canalys, a retração foi na ordem dos 37% em relação ao mesmo período do ano passado e de 52% quando comparado com o segundo trimestre deste ano.

Durante a pandemia, a comercialização do produto creceu 275%, especialmente graças às compras relacionadas com educação, tanto nos EUA quanto no exterior. Em julho, entretanto, a tendência de crescimento já havia enfraquecido, mas ainda liderava o setor.

Imagem: Canaltech/Ivo Meneghel Junior
Imagem: Canaltech/Ivo Meneghel Junior

Agora, houve uma desaceleração ainda mais brusca e as remessas de Chromebooks atingiram 5,8 milhões no terceiro trimestre de 2021. Com isso, eles ficaram com apenas 9% do mercado de notebooks — metade da participação registrada no primeiro semestre de 2021 e o menor número desde antes da pandemia. A queda é atribuída ao fato de os principais mercados de Chromebooks, os EUA e o Japão, terem atingido o “ponto de saturação”, bem como pelo subsídio do setor público à educação digital estar mais lento.

Quando os analistas observam as empresas desse mercado, a HP foi a mais atingida pela queda nas vendas, com retração de 66%. Já a Lenovo passou a ter 24% de participação de mercado e queda de cerca de 20% nas vendas. Acer e Dell também tiveram quedas consideráveis (-28,6% e -39,4%, respectivamente), enquanto a Asus parece ter sido a que menos foi impactada, com retração de meros 2,3%.

O Google e seus parceiros já buscam levar os Chromebooks a outros mercados. A Asus, por exemplo, lançou vários modelos de Chromebook na Índia no início deste ano — dessa forma, a companhia passou a se concentrar mais nesse mercado do que em anos anteriores.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos