Mercado fechará em 6 h 33 min
  • BOVESPA

    113.275,76
    -518,52 (-0,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,71
    -0,90 (-1,24%)
     
  • OURO

    1.752,80
    -3,90 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    47.351,91
    -652,99 (-1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.200,70
    -32,59 (-2,64%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.032,95
    +5,47 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.508,50
    -9,25 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2445
    +0,0597 (+0,97%)
     

Vendas de carros elétricos e híbridos seguem batendo recordes no Brasil

·1 minuto de leitura

A ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) trouxe números importantes sobre o mercado de carros eletrificados no Brasil em sua coletiva mensal realizada nesta quarta-feira (8). Segundo a entidade, o mercado brasileiro segue batendo recordes de vendas de veículos elétrico e híbridos, chegando a 2,4% de participação no total de emplacamentos em agosto.

Segundo levantamento da ANFAVEA, carros híbridos, híbridos plug-in e elétricos somaram 3.873 emplacamentos no último mês, marcando o melhor período da história no segmento. Essas vendas foram impulsionadas por modelos como o novo Toyota Corolla Cross, que chegou ao segmento de SUVs médios para competir com o Jeep Compass e o Volkswagen Taos e tem uma versão híbrida-leve como grande diferencial. Também contam pontos para o modelo a possibilidade de também ser abastecido com etanol.

Na divisão por tipo de carro, as vendas foram as seguintes:

  • Híbridos-Leves e Plug-in: 3.639 unidades

  • Elétricos: 234 unidades

A entidade também revelou que, na somatória dos oito meses de 2021, já foram vendidos mais carros eletrificados do que em todo 2020. Em termos de participação, o acumulado deste ano é de 1,6%. Considerando o atual preço dos combustíveis e a oferta cada vez maior de modelos que usam eletricidade, é bem provável que esses números aumentem até o final da temporada.

Volvo XC90 (Imagem: Divulgação/Volvo)
Volvo XC90 (Imagem: Divulgação/Volvo)

Empresas como Volkswagen, Jeep e Nissan devem lançar modelos eletrificados até o final do ano, sejam eles 100% elétricos ou híbridos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos