Mercado abrirá em 7 h 4 min

Vendas de alto-falantes inteligentes crescem 45%, e Amazon mantém liderança

Nathan Vieira

Nesta quinta-feira (14), foi anunciada a situação das vendas mundiais de alto-falantes inteligentes. Acontece que teve um crescimento de 44,9% no terceiro trimestre de 2019.. Isso significa que 28,6 milhões de unidades foram vendidas no período em questão. E sabe quem está mantendo a liderança mundial? A Amazon, com 10,4 milhões de unidades de smart speakers enviadas ao varejo, com um market share de 36,6% e crescimento anual de 65,9%.

A medalha de prata, com envio de 3,9 milhões, fica com a gigante chinesa do comércio eletrônico Alibaba, que chegou até a recuperar o primeiro lugar no mercado chinês. Por sua vez, o Google caiu da terceira para a quarta posição no ranking, com envio de 3,5 milhões do seu Nest. Quem pegou o terceiro lugar foi a Baidu, com 3,7 milhões de unidades enviadas ao mercado. Xiaomi está na quinta posição, tendo enviado 3,4 milhões de alto-falantes inteligentes. Os dados são da Canalys.

Amazon se mantém na liderança das vendas mundiais de alto-falantes inteligentes

O analista sênior da empresa, Jason Low, aponta que o fato de a Amazon ter feito o “Echo Upgrade Program” incentivou os usuários do Echo a trocarem o dispositivo para a versão com Bluetooth, aumentando a penetração do aparelho nas casas. No caso do Nest, o Google optou por fazer parcerias, como aquela com o Spotify para impulsionar as vendas por diferentes canais. Alibaba seguiu o mesmo caminho, com colaborações com Starbucks, Budweiser, Abbott e Oreo, entre outras empresas chinesas e internacionais.

Vale lembrar que, de acordo com o que foi divulgado pela Canalys, a categoria de alto-falantes inteligentes com display teve um aumento de 500% globalmente, chegando à marca de 6,3 milhões de unidades vendidas ao varejo durante o terceiro trimestre de 2019. O monitor inteligente Echo Show 5, por exemplo, contribuiu significativamente para o sucesso da Amazon no período, representando 16% das remessas globais da Amazon.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: