Venda da indústria de papéis sobe 3,8% até novembro

O volume total de vendas domésticas da indústria de papel alcançou 488 mil toneladas em novembro, de acordo com dados preliminares da Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa). O montante representa uma expansão de 6,3% em relação a novembro do ano passado, mas é 0,4% inferior a outubro deste ano. No acumulado de janeiro a novembro, as vendas locais cresceram 3,8% em relação a 2011 e somaram 5,012 milhões de toneladas.

O aumento das vendas internas contrasta com a redução das exportações, possivelmente por conta da estratégia das empresas brasileiras de destinar maior parte da produção para o mercado interno. As exportações alcançaram 139 mil toneladas em novembro, volume 10,3% inferior a novembro do ano passado. Na comparação com outubro, o indicador cresceu 0,7%. Já no acumulado do ano, as exportações acumulam queda de 8% até novembro, para um total de 1,735 milhão de toneladas.

A receita da indústria brasileira com vendas externas somou US$ 1,803 bilhão (preço FOB) no acumulado de onze meses, uma retração de 10,6% em relação ao mesmo intervalo de 2011. A queda é explicada pela retração de 7,7% das vendas para a América Latina, que somaram US$ 1,052 bilhão, e para a Europa, com queda de 21,9% e um total de US$ 278 milhões.

A evidência de que o mercado doméstico ficou aquecido em novembro pode ser vista no indicador de consumo aparente divulgada pela Bracelpa. O indicador que melhor dimensiona a demanda interna por papéis alcançou 832 mil toneladas em novembro, uma expansão de 4,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com outubro, o indicador encolheu 1,4%. Já no acumulado de janeiro a novembro, o consumo cresceu 1,4% ante 2011, para um total de 8,883 milhões de toneladas.

O resultado é impactado pela queda de 3,6% no total das importações entre janeiro e novembro, com um total de 1,305 milhão de toneladas. Em novembro, as importações alcançaram 116 mil toneladas, expansão de 11,5% em relação ao mesmo período do ano passado, mas queda de 4,9% ante outubro passado.

A produção interna atingiu 855 mil toneladas em novembro, com expansão de 1,1% sobre o mesmo período do ano passado, mas queda de 0,6% em relação a outubro. No acumulado de janeiro a novembro, a indústria brasileira produziu 9,313 milhões de toneladas de papéis, resultado praticamente estável (+0,3%) em relação ao mesmo período do ano passado.

Carregando...