Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    55.118,95
    +641,29 (+1,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Venda de imóveis cai no terceiro trimestre, diz indústria da construção

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As vendas de imóveis caíram 11,2% no terceiro trimestre em relação ao período anterior, segundo levantamento que a CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) divulga nesta segunda-feira (22).

Na comparação com o mesmo intervalo de 2020, a queda foi de 9,5%. Ao todo, foram vendidas cerca de 59 mil unidades, o menor número registrado desde o segundo trimestre do ano passado.

A redução no poder de compra das famílias, aliada à inflação no custo da construção, prejudicou o resultado, segundo a entidade, que projeta novas elevações no preço dos imóveis nos próximos trimestres.

O impacto foi sentido com mais força no programa Casa Verde e Amarela, que viu as vendas caírem 15,3% em relação ao segundo trimestre do ano e quase 20% ante igual período de 2020. O programa também registrou queda nos lançamentos nas duas bases de comparação.

Na avaliação da CBIC, o cenário deve melhorar na reta final do ano, puxado por medidas anunciadas pelo governo para ampliar o uso do programa, como o aumento no teto do valor de imóveis que podem ser financiados e redução temporária de juros até o fim de 2022.

Já o lançamento de unidades em geral deu sequência ao crescimento visto desde o início do ano, com alta de 7% no terceiro trimestre ante o período anterior. A oferta, que vinha preocupando o setor nos últimos meses, fechou os últimos três meses com alta de 3,7%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos