Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.534,68
    +77,26 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Vejas as casas que divórcio épico de bilionário vai render

·2 min de leitura
Jenny Paulson e John Paulson
Magnata se destacou em 2008 ao ganhar R$ 105 bilhões durante a crise financeira.
(Jared Siskin/Patrick McMullan via Getty Images)
  • Jenny e John Paulson investiram durante anos em propriedades e agora estão se divorciando

  • Estima-se que o gasto com as aquisições ultrapasse R$ 529 milhões

  • Uma das casas compradas foi eleita a mais cara dos EUA em 2006

O divórcio dos bilionários Jenny e John Paulson renderá uma boa disputa pelas propriedades adquiridas pelo casal ao longo de seus 21 anos de casamento, especialmente por conta da falta de um acordo pré-nupcial.

O magnata de 65 anos, que certa vez disse que comprar uma casa era “o melhor investimento individual que você pode fazer”, foi destaque em 2008, época em que ganhou R$ 105 bilhões apostando contra as hipotecas subprime durante a crise financeira. Nos anos posteriores, seguiu construindo sua fortuna. De acordo com o New York Post, ele e a esposa têm “diferenças irreconciliáveis”.

Leia também:

O que chama a atenção, no entanto, é o valor gasto com as propriedades. Foram mais de R$ 529 milhões entre 2004 e 2012, sendo uma das casas a mais cara dos Estados Unidos em 2006.

Os lares dos Paulson

A primeira casa adquirida está localizada em Manhattan. A construção de arquitetura neo-georgiana custou nada menos que US$ 14,7 milhões, o que, em conversão direta para o câmbio atual, corresponde a R$ 77,88 milhões. O local já abrigou o Town Club, conhecido clube de Manhattan, e conta com seis andares em pedra calcária.

Em 2008, foi a vez de comprar um terreno no Lago Agawan de Southampton, no qual o casal construiu uma casa conhecida como “Old Trees” (Velhas Árvores). O gasto é estimado em US$ 41,3 milhões (R$ 218,82 milhões). A propriedade conta com 13 quartos, sala de jantar para 60 pessoas, piscina, campo de tênis e casa de hóspedes.

Anos depois, os Paulson investiram no Hala Ranch, em Aspen, por US$ 49 milhões (R$ 259,62 milhões). A casa foi eleita a mais cara dos Estados Unidos em 2006, na época avaliada em US$ 135 milhões (R$ 715,28 milhões). Com 15 quartos e 16 banheiros, o Hala Hanch já pertenceu ao príncipe saudita Bandar bin Sultan.

Um apartamento de dois quartos também foi adquirido por Jenny e John Paulson. Ele fica localizado na Fifth Avenue, em Nova York, e custou cerca de US$ 2,85 milhões (R$ 15,10 milhões) em 2010. Não está claro se o casal ainda o possui.

Além de todas as propriedades, o bilionário adquiriu participação de 7% na Starwood Hotels and Resorts Worldwide, de hotéis e luxo, tornando-se o maior acionista da empresa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos