Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.283,72
    -187,74 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Veja quanto deve ser o salário mínimo em 2023, 2024 e 2025

Caso se cumpra o reajuste previsto para 2023, Bolsonaro será 1º presidente a deixar o salário mínimo valendo menos. (Júnia Garrido/Futura Press)
Caso se cumpra o reajuste previsto para 2023, Bolsonaro será 1º presidente a deixar o salário mínimo valendo menos. (Júnia Garrido/Futura Press)
  • LDO define as metas e prioridades da administração pública federal;

  • Previsão pode mudar, já que se baseia em índices econômicos;

  • Segundo Dieese, salário mínimo deveria ser de mais de R$ 6 mil.

Anunciado em abril deste ano sem aumento real, o salário mínimo para 2023 será de R$ 1.294. O reajuste consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2023 e também revela as previsões para a base salarial em 2024 e 2025.

De acordo com o PLDO, que define as metas e prioridades da administração pública federal para o próximo exercício, o salário mínimo nos próximos anos vai ser o seguinte:

Ano

Valor do salário mínimo

Índice de reajuste

Aumento de

2023

R$ 1.294

6,7%

R$ 82

2024

R$ 1.337

2,8%

R$ 43

2025

R$ 1.378

2,9%

R$ 41

A correção do salário mínimo prevista pelo governo não significa necessariamente um ganho real para os trabalhadores. O reajuste existe apenas para que a população não perca o poder de compra frente aos avanços da inflação.

Caso se cumpra o reajuste previsto para 2023, Bolsonaro será 1º presidente a deixar o salário mínimo valendo menos. Até o final do ano o governo pode reajustar o salário mínimo para os próximos anos com base em novas alterações que podem surgir com os avanços da inflação que pode ser controlada, ou subir ainda mais que o previsto.

Planejamento

Prevista na Constituição de 1988, a LDO define as metas e prioridades da administração pública federal para o próximo exercício, além de orientar a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA). A lei contém ainda a estrutura e a organização do Orçamento, regras relativas às transferências de recursos, à dívida pública federal e à política de aplicação dos recursos das agências financeiras oficiais de fomento.

A peça tem que ser aprovada pelos parlamentares até 17 de julho de cada ano; caso contrário, o Congresso não pode entrar em recesso.

O texto do Executivo será enviado agora à Comissão Mista de Orçamento (CMO), onde há discussões, apresentação de emendas e votação de relatórios.

O documento traz ainda outros dados macroeconômicos, prevendo, por exemplo, crescimento da economia de 2,5% (produto interno bruto) e inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 3,3%. Para 2022, na última revisão feita no fim de março, o Banco Central previu que a alta nos preços no Brasil chegará a 7,1%.

Ainda conforme o projeto, o governo estima fechar o ano novamente no vermelho, com déficit primário de R$ 65,9 bilhões. Trata-se de uma redução em relação a 2022, que tem previsão de déficit de R$ 79,4 bilhões na Lei Orçamentária Anual. Confirmada a previsão, será o décimo ano consecutivo em que as despesas governamentais vão superar as receitas.

Salário ideal

De acordo com um estudo feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 6.754,33, tendo como base os preços do mês de abril.

Em comparação, no ano passado o valor calculado pelo Dieese como salário mínimo ideal foi de R$ 5.330,69. Isto quer dizer que de 2021 para cá, foi necessário um aumento de aproximadamente 27%, ou R$ 1.423,64, para se manter o mesmo padrão de vida analisado pelo Dieese.

Para calcular o valor do salário mínimo, o Dieese se fundamenta no preço da cesta básica mais cara do país, que em abril foi a de São Paulo, custando R$ 803,99, seguido de Florianópolis (R$ 788), Porto Alegre (R$ 780,86) e Rio de Janeiro (R$ 768,42).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos