Mercado abrirá em 1 h 38 min
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    114,90
    +0,70 (+0,61%)
     
  • OURO

    1.826,30
    +12,30 (+0,68%)
     
  • BTC-USD

    30.430,46
    +457,45 (+1,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    683,87
    +441,19 (+181,80%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.526,16
    +61,36 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    20.602,52
    +652,31 (+3,27%)
     
  • NIKKEI

    26.659,75
    +112,70 (+0,42%)
     
  • NASDAQ

    12.492,50
    +247,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3102
    +0,0297 (+0,56%)
     

Veja quais são os 10 países com os maiores salários mínimos do mundo

·2 min de leitura
  • Brasil ficou em 2º lugar em comparação com outros países da OCDE

  • Levantamento foi realizado pela plataforma CupomValido

  • Australia encabeça a lista, com um salário de (R$ 72,63 por hora

Um levantamento realizado pela plataforma CupomValido, que utilizou dados da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e do Bando Mundial, listou os países em termos de salário mínimo.

A pesquisa converteu todos os salários em dólar para termos de comparação, divididos por hora e foram ajustados para ficar de acordo com a paridade de poder de compra.

Leia também:

Os 10 países, membros da OCDE, com melhores pisos salarias são

  1. Austrália - US$ 12,9 (R$72,63)

  2. Luxemburgo - US$ 12,6 (R$70,94)

  3. França - US$ 12,2 (R$68,68)

  4. Alemanha - US$ 12,0 (R$67,56)

  5. Nova Zelândia - US$ 11,8 (R$66,43)

  6. Holanda - US$ 11,3 (R$63,62)

  7. Bélgica - US$ 11,2 (R$63,05)

  8. Reino Unido - US$ 11,1 (R$62,49)

  9. Canadá - US$ 10,5 (R$59,11)

  10. Irlanda - US$ 10,3 (R$57,99)

Um dado que o levantamento também revelou foi que o Brasil possui o 2º pior salário mínimo entre os países da América do Sul, com um salário convertido de US$ 213,17 por mês. A última posição é ocupada pela Venezuela, onde os 7.000 bolívares do salário mínimo mensal equivalem a US$ 1,74 (R$ 9,79).

O ranking de nossos vizinho foi encabeçado pelo Chile, com US$ 438 (R$ 2.466), em seguida vem o Uruguai com US$ 421 (R$ 2.370) e o Equador com US$ 400 (R$2.252). Após isso aparecem o Paraguai, com US$ 330 (R$1.858), Bolívia, com US$ 313 (R$1.762), Argentina com US$ 298 (R$ 1.677), Colômbia com US$ 242 (R$ 1.362) e Peru com US$ 227 (R$1.278).

Austrália e o tempo de trabalho

Apesar de ter um salário mínimo quase 6 vezes maior que o brasileiro, os australianos trabalham menos horas que os brasileiros. Lá fora são uma média de 38 horas semanais trabalhadas, enquanto aqui são 39,6.

A diferença se aumenta ainda mais quando se avalia que o restante do tempo trabalhado no Brasil não se traduz em tempo livre. Segundo a pesquisa, o tempo gasto no transporte para o local de trabalho afeta a rotina do trabalhador brasileiro.

A média de tempo livre dos países da OCDE é de 15 hora diárias, enquanto o brasileiro tem 14,6 horas, reservadas para comer, dormir e socializar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos