Mercado fechará em 1 h 47 min
  • BOVESPA

    112.064,48
    -547,17 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.480,78
    +14,76 (+0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,84
    +1,23 (+1,42%)
     
  • OURO

    1.785,90
    -9,10 (-0,51%)
     
  • BTC-USD

    37.112,77
    +599,13 (+1,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    845,70
    +3,24 (+0,39%)
     
  • S&P500

    4.378,25
    +51,74 (+1,20%)
     
  • DOW JONES

    34.327,58
    +166,80 (+0,49%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.267,50
    +280,75 (+2,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0188
    -0,0052 (-0,09%)
     

Veja quais são os possíveis candidatos à Presidência do Brasil nas eleições de 2022

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A corrida presidencial de 2022 entrou em uma fase decisiva, com as principais pré-candidaturas já colocadas e intensa movimentação dos atuais favoritos -o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o postulante à reeleição Jair Bolsonaro (PL)- e dos que tentam despontar na chamada terceira via.

Definições que se arrastavam sumiram do radar e, a menos de um ano do pleito, pré-candidatos e partidos travam batalhas por crescimento e consolidação nas pesquisas, formação de alianças e atração de apoios, embora ainda restem pendências no horizonte.

PEÇAS PARA A CORRIDA PRESIDENCIAL DE 2022

O que já era

- Definição das principais candidaturas, com volta de Lula, desistência de Luciano Huck e entrada de Sergio Moro, por exemplo

- Prévias do PSDB concluídas, lançando ao escrutínio João Doria (SP) e clareando o cenário de composições partidárias

- Filiação de Bolsonaro ao PL, selando o casamento com o centrão e dando início à formação da coalizão que deve apoiá-lo

O que vem aí

- Concorrência interna na chamada terceira via em busca de nomes com maior potencial e chance de aglutinar a centro-direita

- Definições partidárias, com a oficialização da criação da União Brasil (fruto da junção de PSL e DEM) e possíveis federações

- Ações de Bolsonaro para se garantir no segundo turno, com pagamento do Auxílio Brasil e acirramento da polarização com Lula

POSSÍVEIS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA EM 2022

- Jair Bolsonaro (PL)

- Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

- Sergio Moro (Podemos)

- Ciro Gomes (PDT)

- João Doria (PSDB)

- Rodrigo Pacheco (PSD)

- Simone Tebet (MDB)

- Luiz Henrique Mandetta (DEM/União Brasil)

- Luiz Felipe d'Avila (Novo)

- Alessandro Vieira (Cidadania)

- André Janones (Avante)

- Cabo Daciolo (Brasil 35)

- Leonardo Péricles (UP)

- Aldo Rebelo (sem partido)

DATAS IMPORTANTES DO CALENDÁRIO ELEITORAL

- 2 de abril - Prazo final para a filiação partidária e mudança de domicílio eleitoral

- Abril - Mês da janela partidária, em que parlamentares podem mudar de legenda sem perda de mandato

- 20 de julho a 5 de agosto - Prazo para a realização das convenções partidárias

- 15 de agosto - Prazo final para o registro de candidatos na Justiça Eleitoral

- 16 de agosto - Data em que passa a ser permitido fazer campanha, com pedido de voto

- 2 de outubro - Primeiro turno da eleição

- 30 de outubro - Segundo turno da eleição

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos