Mercado fechado
  • BOVESPA

    104.466,24
    +3.691,67 (+3,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.927,38
    +920,22 (+1,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,23
    +1,66 (+2,53%)
     
  • OURO

    1.769,60
    -14,70 (-0,82%)
     
  • BTC-USD

    56.978,05
    +247,36 (+0,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.450,59
    +11,70 (+0,81%)
     
  • S&P500

    4.577,10
    +64,06 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.639,79
    +617,75 (+1,82%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    16.008,00
    +138,25 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3854
    -0,0614 (-0,95%)
     

Veja foto do cometa Leonard, que pode ser visível a olho nu em dezembro

·2 min de leitura

O cometa C/2021 A1 (Leonard) ainda não é visível a olho nu, mas sua magnitude atual já permite a observação com telescópios "de quintal", como são chamados os instrumentos que podem ser adquiridos por astrônomos amadores para usar no jardim de casa. O cometa está abaixo da constelação de Leão e o pessoal do The Virtual Telescope Project já conseguiu uma imagem incrível do objeto, que já apresenta uma cauda.

Infelizmente, este cometa não será muito fácil para observar na região Sul do país, já que ele aparecerá muito baixo no horizonte e perto do alvorecer. Mas habitantes das regiões ao norte têm boas chances de testemunhar um belo espetáculo antes do amanhecer. O cometa estará mais brilhante nos primeiros 12 dias de dezembro.

O cometa Leonard fotografado em 28 de outubro (Imagem: Reprodução/The Virtual Telescope Project)
O cometa Leonard fotografado em 28 de outubro (Imagem: Reprodução/The Virtual Telescope Project)

Descoberto em janeiro no Observatório do Monte Lemmon, no Arizona, por Greg Leonard (daí o nome do cometa), o objeto pode se tornar visível com pares de binóculos para astronomia (aconselhável a configuração 10x50), ou telescópios pequenos. Mas é sempre bom ter em mente que cometas são conhecidos pela capacidade de nos surpreender, então ele pode ficar ainda mais brilhante do que o previsto.

O coma tem aproximadamente 4 minutos de arco de largura. Ele aparecerá nos primeiros dias de dezembro por volta das 4h30 (horário de Brasília), em direção ao nordeste, enquanto no final de dezembro estará ainda mais acima no horizonte e com 8 de magnitude — brilho suficiente para encontrá-lo a olho nu.

Na madrugada de 1 de dezembro, pouco antes do amanhecer, ele terá 6.7 de magnitude — quanto menor o número, mais brilhante. O problema é que ele está indo em direção ao Sol, então, a cada dia que passa, nascerá no horizonte mais perto do amanhecer, com a luz solar possivelmente prejudicando sua observação.

(Imagem: Reprodução/The Sky Live Planetarium)
(Imagem: Reprodução/The Sky Live Planetarium)

Na imagem acima, baseada em modelos e previsões astronômicas (que podem ou não se concretizar), o cometa estará com magnitude 8.5 para a região de São Paulo, aparecendo à esquerda do Sol, que aparece abaixo do horizonte em transparência. Ele também estará pertinho de Marte, então quem conseguir observá-lo verá uma efeméride muito interessante.

Nas manhãs seguintes, ele ficará cada vez mais brilhante, mas as previsões atuais mostram que ele pode não passar da magnitude 8. Já no dia 12 de dezembro, o Sol se levantará do horizonte antes do cometa, ofuscando o seu brilho. Mas não desanime, pois, como dito antes, uma das características constantes dos cometas é a capacidade de eles nos surpreenderem. Além disso, certamente veremos muitas fotos capturadas por quem estiver em melhores condições de observação, portando equipamentos especiais para isso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos