Mercado abrirá em 1 h 38 min
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,23
    +1,09 (+1,41%)
     
  • OURO

    1.895,40
    +10,60 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    23.177,09
    +130,32 (+0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    534,30
    +8,35 (+1,59%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.927,39
    +62,68 (+0,80%)
     
  • HANG SENG

    21.283,52
    -15,18 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    27.606,46
    -79,01 (-0,29%)
     
  • NASDAQ

    12.732,50
    -44,25 (-0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5798
    +0,0027 (+0,05%)
     

Veja foto do cometa C/2022 E3 (ZTF) ao se aproximar do Sol

O fotógrafo e comunicador científico Miguel Claro tirou uma foto impressionante do cometa C/2022 E3 (ZTF). O registro foi capturado no dia 12 de janeiro no Observatório Dark Sky Alqueva, em Portugal, e mostra a beleza do cometa e de sua cauda.

A foto foi feita durante o periélio do cometa, ou seja, quanto estava em sua aproximação máxima do Sol. Na imagem, é possível conferir seu coma esverdeado, vindo do gás carbônico luminoso, e a longa cauda de íons ejetados de seu núcleo.

Confira abaixo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Na imagem, o cometa C/2022 E3 (ZTF) aparece brilhando entre as constelações de Hércules, Coroa do Norte e Böotes, o Boieiro. No momento do registro, o cometa estava a cerca de 108 milhões de quilômetros da Terra, com magnitude visual de 7,3.

Vale a pena continuar de olho no céu: o cometa continua seguindo viagem pelo espaço e chegará ao perigeu, o ponto mais próximo da Terra, no dia 1º de fevereiro, e pode até ficar visível a olho nu. “Estes objetos são imprevisíveis, e nunca sabemos quais surpresas podem estar esperando por nós”, disse Miguel, na descrição da imagem.

Quando foi observado pela primeira vez em março de 2022, o cometa 2022 E3 ZTF tinha magnitude aparente de 17,3, ou seja, brilho muito mais fraco que aquele observado atualmente. Ele ficará visível no céu do hemisfério sul a partir do dia 2 de fevereiro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: