Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    -0,13 (-0,18%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -0,10 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    39.128,25
    +3.172,80 (+8,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,87 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    -1,50 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1965
    +0,0430 (+0,70%)
     

Veja como será a vacinação de motoristas e cobradores em SP

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Terá início nesta terça-feira (18) a vacinação contra a Covid-19 de motoristas e cobradores de ônibus em todo o estado de São Paulo. A estimativa da Secretaria Estadual da Saúde, gestão João Doria (PSDB), é de que 165 mil pessoas estejam nesse grupo.

Somente na capital paulista, cerca de 47,7 mil trabalhadores do setor de transporte deverão ser vacinados, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Para receber a vacina, é necessário apresentar um documento oficial de identificação (de preferência o CPF) e um comprovante de vínculo empregatício, como crachá ou holerite.

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de São Paulo acrescenta que os trabalhadores que estiverem afastados de suas funções também devem apresentar a carteira profissional.

A prefeitura de São Paulo informa que, nesta terça, a primeira dose estará sendo aplicada nos oito mega postos de vacinação e nas 468 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) espalhadas pelo município. As UBSs também estarão aplicando a segunda dose para as pessoas que já estão na data do reforço.

Para a primeira dose, a secretaria está utilizando as vacinas produzidas pela Oxford/AstraZeneca e pela Pfizer. A Coronavac está sendo utilizada somente para a segunda dose.

As autoridades de saúde recomendam que, antes de ir a um posto, a pessoa faça o pré-cadastro no site Vacina Já. O procedimento não serve como agendamento, mas agiliza o processo no ato da aplicação.

Na semana passada, teve início em todo o estado a vacinação de metroviários e ferroviários. Os trabalhadores do transporte público foram incluídos no calendário estadual de imunização em abril, depois que a categoria ameaçou iniciar uma greve caso não fosse contemplada como prioritária.

Onde se vacinar na capital paulista:

- UBSs (Unidades Básicas de Saúde)

Horário: das 7h às 19h

- AMAs/UBSs Integradas

Horário: das 7h às 19h

- Mega postos

Horário: das 8h às 17h

Zona leste

Faculdade Santa Marcelina: ruas São João das Duas Barras x Cachoeira Utupanema, Vila Carmosina

Auto Shopping Aricanduva: avenida Aricanduva, 5555 (antigo Detran), Aricanduva

Lions Club Vila Matilde: rua Coronel. Luis Gonzaga Azevedo, 11, Vila Matilde

Zona sul

Unisa Santo Amaro: rua Isabel Schmidt, 349, Santo Amaro

Centro Empresarial de São Paulo: avenida Maria Coelho Aguiar, 215 (acesso pelo terminal João Dias ou estação Giovanni Gronchi do metrô), Jardim São Luís

Zona oeste

Clube Hebraica: rua Ibianópolis, 781, Jardim Paulistano

Allianz Parque: avenida Francisco Matarazzo, 1705, Água Branca

Centro

Clube Paulistano: rua Honduras, 1300, Jardim Paulista