Mercado abrirá em 7 h 17 min
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,84
    +1,44 (+1,28%)
     
  • OURO

    1.808,10
    -10,80 (-0,59%)
     
  • BTC-USD

    29.963,05
    -376,01 (-1,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    673,38
    +430,70 (+177,48%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    +53,55 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    20.525,38
    -77,14 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    26.836,02
    +176,27 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.505,00
    -55,25 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2040
    -0,0064 (-0,12%)
     

Veja como os astronautas se comunicam no espaço sem usar palavras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Embora a comunicação verbal (que usa a palavra escrita ou falada) seja a forma mais dominante entre os seres humanos, ela não é o único meio de trocar informações. Os meios não verbais podem incluir a linguagem corporal, as expressões faciais e gestos com as mãos.

No espaço, essa capacidade de se comunicar sem o auxílio das palavras é fundamental para a sobrevivência dos astronautas em situações em que seus sistemas de comunicação não estejam funcionando. Por isso, a NASA prepara seus tripulantes para este contexto.

Os astronautas são treinados a desenvolver uma habilidade não verbal mínima, com um conjunto de sinais silenciosos que podem comunicar números, falhas de equipamento ou instruções de trabalho. Parte desses gestos também é observada na comunicação de mergulhadores, por exemplo.

Em um vídeo da Nasa, os astronautas Kayla Barron e Raja Chari explicam esse sistema. Por exemplo, para checar o status de seus colegas de trabalho eles usam o sinal de “ok” com a mão, para uma pergunta ou para uma resposta. “Se eu apontar para Raja e fizer o sinal de ‘OK’, estou perguntando: 'você está bem?' E se ele estiver, vai repetir o sinal para me dizer 'eu estou bem'", acrescentou.

Mas segundo Chari, além de um conjunto de gestos formalizado, a convivência entre os tripulantes durante o treinamento para a missão e sua estadia na ISS é outro fator crucial. "Apenas o olhar no rosto de alguém pode dizer 'sim, concordo com esse plano' ou 'tenho ressalvas'”, explicou o astronauta.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos